Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \21\UTC 2010

 

Site totalmente reformulado foi lançado essa semana pelo Cão em Quadrinhos

CANINABLOG RECOMENDA | NOVIDADE é o que não falta no novo site do Cão em Quadrinhos. Parceiras do CaninaBlog de longa data, as irmãs Ana e Manoela arrasaram nesse final de ano com sua nova identidade visual, loja, blog da Cecília e campanhas totalmente reformuladas.

Cecília é a estrela dessa nova fase e ganhou até um blog com seus latidos

GOSTARIA de destacar dois pontos fortes dessa nova fase. O primeiro é o vídeo com a nova estrela do pedaço Cecília que, com todo seu charme e pernas finas, desfila na tela do computador assim que o novo site é acessado. É com todo esse charme que Cecília irá atualizar seu novo blog “O Nosso Latido”. Hollywood te espera, cadelinha!

O SEGUNDO destaque vai para a campanha Cagada é Não Recolher, que ganhou novos modelos e frases de destaque. Aliás, essa campanha conta com o apoio total aqui do CaninaBlog.

SE você ainda não conferiu as novidades que não param de pipocar no Cão em Quadrinhos, clique aqui – e não deixe de dar uma olhada nos vários wallpapers lindos à disposição no site.

Nova campanha do "Cagada é Não Recolher" já está rolando na internet

 

Read Full Post »

Centenas de sul africanos escolheram o porco como bicho de estimação

EXCLUSIVO | VOCÊ deve estar se perguntando: o que esse porcão está fazendo no quintal dessa casa e ainda ilustrando o CaninaBlog? Bem, ele é o bichinho de estimação dessa e de várias outras casas da África do Sul. O flagrante foi feito pelos meus pais que estão visitando o país por quase dois meses e ficaram surpresos com a quantidade de casas que escolheram o porco e não um cachorro, gatinho ou passarinho.

MAS não pense que os porcos têm seu espaço de convívio restrito ao quintal. Na verdade, eles são tratados como cachorros ou gatos aqui no Brasil e têm direito a entrar na casa, subir no sofá e até na cama. Segundo donos de porcos lá na África do Sul, os bichos são muito inteligentes, limpos (!) e ainda fazem a segurança da casa.

É ISSO mesmo, um morador local confessou que a comunidade negra muçulmana (na maioria pobre) tem verdadeiro horror a porcos. Considerados bichos imundos pela religião muçulmanda e judaica, os porcos teriam o poder de afastar negros dos bairros de brancos na África do Sul. A informação é chocante, mas não se esqueçam que o Apartheid, regime de segregação racial adotado de 1948 a 1994, é algo ainda muito recente na história do país.

A ÚNICA desvantagem de ter um porco como bicho de estimação foi apontada por um sul africano que se tornou amigo de meus pais: “ninguém consegue ficar por perto quando eles soltam um peido”. Cada um com seus problemas.

Read Full Post »

Alguns cães têm um apetite mais caprichoso, afirma veterinária Alessandra Keidann

EXCLUSIVO | MUITOS pais sofrem com esse problema: crianças que não querem comer ou não se alimentam da forma correta. Vale até fazer “aviãozinho” com a colher, mas nada parece incentivar a fome dos pequenos. Esse mesmo problema aflige muitos donos de cães e também é a história da leitora do CaninaBlog Rosangela Milet e Meg, sua Lhasa de 1 ano e meio. “Ela nunca gostou de ração, sempre foi muito difícil alimentá-la. Tentei de marcas mais caras de ração e até as simples. Sem nenhum resultado”, relata. Diante da falta de apetite de Meg, Rosangela começou a oferecer peito de frango cozido sem sal misturado na ração. “Mas ela cata só os pedacinhos de frango”, afirma cheia de preocupação. E agora surgiu um novo problema: uma coceira inexplicável mesmo sem a presença de pulgas.

É ENGRAÇADO dizer isso, mas segundo a veterinária Alessandra Keidann, da Bolicho do Bicho, alguns cães realmente têm um apetite mais caprichoso e exigente. “Tenho o mesmo problema com a minha cachorra Lola e preciso implorar para que ela coma”, relata. Segundo a veterinária, cães (assim como as pessoas) têm comportamentos diversos em relação aos alimentos. Mas como evitar que eles morram de fome com tanto alimento a disposição?

COM a experiência com a própria cachorra, Alessandra ensina alguns truques que podem incentivar seu bicho a comer mais. Mas atenção: só vale para cães que não comem nada ou perto de nada. E se mesmo depois de colocar essas dicas em prática, seu animal ainda não se alimenta adequadamente – e isso você vai notar pelo seu estado corporal e disposição para atividades – procure um médico veterinário para investigar mais a fundo a situação.

Comida sempre por perto

– Deixe o potinho com comida a disposição do cachorro o dia todo. Se ele não comer em 24 horas, jogue a comida fora e coloque uma nova. Não se desespere se ele passar um dia sem comer.

Mudança de ração

– Não é saudável trocar de ração toda hora. O mais correto seria o cão ser desmamado em uma ração e manter esta por toda a vida, alterando apenas de filhote para adulto e idoso. Muita troca de ração pode ser um bom inicio para alergias alimentares. Aliás, as coceiras de Meg podem ser um indício de alergia militar – por isso, consulte um veterinário.

Conferindo a quantidade

– Veja a indicação da quantidade recomendada de ração na embalagem de acordo com o peso do seu cão. Rações de qualidade são bastante concentradas, se ele comer um pouco a menos que o recomendado e estiver com um bom estado corporal, significa que aquela quantidade é o suficiente.

Dica extra da veterinária: Mais uma sugestão são os brinquedos que, enquanto o bicho brinca, pedacinhos da ração vão caindo (como esse brinquedo mostrado no vídeo abaixo). Com esse tipo de acessório o cão brinca e se alimenta sem perceber.

Read Full Post »

Falta pouco para o Natal

ENQUANTO muitos donos se estressam com os últimos preparativos e compras para o Natal, nossos cachorros esperam pacientemente pela chegada do Bom Velhinho. Bom exemplo disso é esse cachorrinho no video acima, que prepara com todo carinho os biscoitos e leite para o Papai Noel.

SERÁ que o Papai Noel irá lembrar do presente desse cachorrinho? Esse  video divertido foi enviado pelo nosso querido consultor de comportamento canino Gustavo Campelo.

VEJA também no CaninaBlog:

Bichinho de estimação é um bom presente no Natal?

Sonho de Natal do Ciccilo

Lista de presentes caninos para o Natal

Read Full Post »

Muitos brinquedos estimulam o instinto caçador dos cachorros, afirma adestrador

EXCLUSIVO | ADORO dar novos brinquedos para meu Fox Terrier Ciccilo. O último presente foi um daqueles puxadores com corda e mordedor. Ele ganhou brinquedo bem parecido com esse modelo quando ainda era um filhote e simplesmente adorava brincar de cabo de guerra, mas não perdia tempo em destruí-lo.

O QUE sobrou do brinquedo antigo foi só a cordinha desgastada e amarrada com dois nós. Mas ele continua brincando. Segundo o especialista em comportamento animal, Gustavo Campelo, isso é reflexo do instinto caçador dos cães, sendo que alguns bichos apresentam esse instinto mais forte que outros. “Muitos brinquedos acabam estimulando esse comportamento nos cachorros. Isso é extremamente normal e aceitável”, afirma o adestrador.

DOIS tipos de brinquedos

CASO você deseje ter um brinquedo específico para interagir com seu cachorro, como uma bolinha, por exemplo, Campelo sugere que não deixe esse brinquedo a disposição do bicho o tempo todo. “Chamo esses brinquedos de golden toys pois eles só aparecem para o cão quando ele se comporta bem e então ganha um brinquedo especial como recompensa por alguns minutos.” Mas para que isso funcione, quando a brincadeira acaba, o brinquedo é guardado.

POR isso, separe dois grupos de brinquedos: alguns sempre a disposição do animal e por isso tem de ser mais resistentes, já o segundo grupo é um prêmio, usado somente como recompensa por bom comportamento. Bom divertimento!

Read Full Post »

UMA reportagem do Bom Dia Brasil, exibida na rede Globo hoje (16), mostrou um dos presentes mais citados na lista do Papai Noel: bichos de estimação. Dar ou ganhar um cachorro, entretanto, é uma responsabilidade que nem toda criança ou família está pronta a assumir.

AQUI no CaninaBlog nós tivemos uma prova de quando um cachorro é desejado neste Natal. A jovem leitora Letícia Mendes Ferreira nos escreveu dizendo: “Quero um Dachshund de Natal, mas meu pai não quer me dar porque moro em apartamento. A raça se dá bem em apartamento?”. Bem, qualquer tamanho de Dachshund se dá bem em apartamento, afirma o criador Carlos David Lôbo Rezende, proprietário do canil D’Jaó Dachshund de Goiânia (GO). No entanto, é preciso cooperação de toda família quando um cachorrinho chega em casa, como mostra a reportagem exibida no Bom Dia Brasil e que você pode assistir clicando na imagem de abertura.

ANTES de presentear:

Reflita muito antes de presentear com um cachorro

PARA ajudar Letícia e seus pais, além de todos que pensam em dar um filhote como presente, selecionamos algumas dicas da médica veterinária da PremieR Pet, Keila Regina de Godoy, que podem ser muito úteis no momento da adoção. Confira:

Perfil do dono

– É fundamental verificar o perfil do dono: se é adulto, criança ou idoso, quais os seus hábitos de vida e nível de atividade. Isso porque deve haver sintonia entre o bicho e seu proprietário, ou seja, eles devem ter o mesmo “pique”. Nesse quesito, vale ressaltar: nem sempre o animal mais bonitinho (esteticamente) é o mais adequado.

Tamanho do cachorro

– O porte do animal é outro aspecto que merece atenção. Animais grandes precisam de espaços maiores. Crianças pequenas e idosos podem não dar certo com animais de maior porte se não houver adestramento, pois há maior risco de incidentes. Além disso, o adestramento ajuda a manter um relacionamento saudável.

Tempo disponível

– Não é uma boa medida presentear com um cão uma pessoa que passa todo o tempo fora de casa. O bicho sofre, mesmo aquele de temperamento mais tranquilo e menos dependente.

Hora de comprar ou adotar

– Decidido qual será o bicho e a raça, é hora de tomar cuidados na aquisição. Vale evitar as feiras em vias públicas e procurar um canil de boa procedência, olhar as instalações, a conservação e higiene. Para se precaver de comprar “gato por lebre”, é válido pedir para conhecer os pais do filhote.

Saúde do bicho

– Para se certificar de que o bicho está em boas condições de saúde, verifique se não há secreção nasal, ocular, espirros e tosses. Perceba se o filhote não demonstra estar medroso ou acabrunhado demais. Informe-se se o filhote foi vacinado e vermifugado – uma questão de saúde para o animal e também para o dono, especialmente no caso de crianças. E antes de levar o bicho para casa, leve para um veterinário de confiança, que será o “pediatra” dele durante toda a infância, garantindo cuidados adequados para uma vida saudável.

Read Full Post »

O mesmo penteado feito no pet shop não deve ser mantido por dias seguidos

EXCLUSIVO | SE VOCÊ tem cães de raças como Yorkshire, Lhasa Apso ou Shih Tzu, já sabe que fazer um penteado é mais do que uma questão de beleza. Cães com pêlos longos normalmente necessitam de algum tipo de penteado para evitar que molhem a pelagem da cabeça quando bebem água, por exemplo, e acabem criando algum problema de pele.

QUEM tem um cão com essas caractéristicas normalmente vive em estéticas ou pet shops, pois a manutenção da pelagem não é fácil. Entretanto, é um engano manter o mesmo penteado e elástico entre uma semana e outra de banho. “Geralmente fazemos penteados fáceis de serem retirados aqui na minha escola de estética. Isso porque os elásticos de topetes devem ser trocados diariamente para não quebrar ou danificar o pêlo”, explica o esteticista animal, Sérgio Villasanti da República dos Cães. “Manter o mesmo penteado no seu cachorro por uma semana é o mesmo que você ir em um cabeleireiro e manter o penteado de festa por dias a fio”, brinca.

Villasanti indica elástico dentário do tipo 5-16 médio para prender os penteados

MANUTENÇÃO em casa

PARA refazer os penteados em casa, Villasanti indica elástico dentário do tipo 5-16 médio, pois têm um bom tamanho e textura. Alguns esteticistas usam ainda os famosos frufrus, pois são de tecido e não machucam a pelagem.

NA hora de retirar o elástico, não tente arrancar. “Eles devem ser cortados com a ponta de uma tesoura com cuidado para não arrancar o pêlo e nunca devem ser reaproveitados”, ensina o esteticista. Evite ainda acessórios pesados ou que são fixados com cola quente, pois podem causar graves acidentes como queimaduras. Afinal, a saúde do seu cão deve estar sempre acima da questão estética.

LEIA também no CaninaBlog:

Estética Canina: A maneira correta de escovar seu cachorro

Estética Canina: Perda de pêlo no Lhasa Apso

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: