Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \30\-02:00 2011

Coleira inadequada pode levar ao incômodo do pet, irritações e até o sufocamento

GRANDES, pequenos, frágeis, fortes. Se existe uma raça democrática em relação ao tamanho, quantidade de pêlo e cor, são os cachorros. Justamente por essa variação, é preciso ficar atento ao tipo de coleira mais apropriada para seu melhor amigo de quatro patas.

O USO da coleira inadequada pode levar ao incômodo do pet e até causar irritações e problemas mais graves, como o sufocamento. Segundo Charley Ferreira Lopes, diretor industrial da marca São Francisco, fabricante especializada em coleiras, peitorais e guias para cães e vários animais domésticos, cada porte de animal exige um acessório diferenciado.

CÃES frágeis

“RAÇAS pequenas, como o Yorkshire, Lhasa Apso e Pinscher, por exemplo, possuem o pescoço frágil e, se conduzidos com coleira de maneira abrupta, podem sufocar”, explica. “Nesses casos o peitoral é mais indicado, pois envolve o pet pelo tórax”. Já as coleiras apenas como enfeite estão liberadas para todas as raças de pequeno porte. Um grupo que merece atenção é dos cães Galgos, como o Whippet e o Greyhound, que exigem coleiras especiais, mais largas e com um forro especial, por seu pescoço especialmente frágil.

GRANDE porte

O ESPECIALISTA explica também que já entre os animais maiores, como o Rotweiller, Pitbull e Pastor Alemão, como o pescoço deles é mais forte, resiste à pressão da coleira sem causar danos. “Para eles, tanto as coleiras quanto os peitorais são recomendados, deste que a pessoa tenha força física para conter o animal”, orienta Charley, que ressalta também a importância do uso da guia durante os passeios com essas raças, uma vez que a prática é obrigatória segundo a legislação brasileira.

DICA EXTRA: Donos de cães de grande porte devem sempre procurar acessórios reforçados, como os de couro, a fim de assegurar a durabilidade diante de tanta força.

LEIA também no CaninaBlog:

Coleiras com puro charme

Gustavo Campelo: Posso confiar no meu cão sem guia?

Uso da coleira na rua é obrigatório?

Read Full Post »

O ARRAIAL da cachorrada estará armado neste sábado (2) no Clube Pet Memorial em São Bernardo do Campo (SP). Conhecido por receber grandes eventos pet da região, desta vez a festa será recheada com atrações juninas como casamento, quadrilha e gincanas. Tudo pensado para que tanto cães como seus donos vivam horas de pura diversão.

OS DONOS poderão participar de gincanas com seus bichos de estimação, além de se divertirem com as barracas de jogos e de comidas típicas. Com cerca de 1500 metros quadrados, a Arena Pet conta com arquibancada e grama sintética e está preparada para receber os visitantes com seus melhores amigos. Haverá ainda brincadeiras, apresentações de adestramentos e obediência com os instrutores da empresa Alternativas, organizadora do evento.

Festa Cãonina

Local: Arena Pet (anexo ao Pet Memorial)

Avenida Sadae Takagi, 860, São Bernardo do Campo (SP)

Horário: a partir das 13h

Mais informações: (11) 4343 0000

Entrada e estacionamento gratuitos

Read Full Post »

IMAGEM DA SEMANA | GANSO, Pato… quando parecia que não faltavam referências à animais na Seleção Brasileira de Futebol, um Pastor Alemão deu um show. O cachorrão, mascote do hotel Sofitel Reserva Los Cardales desde a chegada da Seleção Brasileira, mostrou seu ótimo condicionamento físico no treino deste fim de semana na Argentina. Aliás, dizem que foi a imprensa internacional que acompanha a Seleção que batizou o cachorro de “Maradona”.

O ANIMADO Pastor Alemão acompanhou a corrida de craques como Neymar, Lucas e, claro, Pato e Ganso. Todos mostraram intimidade com o cachorro argentino para a alegria de fotógrafos do mundo inteiro que acompanhavam o treino em um campo de futebol. (Imagem: Reuters)

LEIA também no CaninaBlog:

Jogador homenageia seu cachorro ao marcar gol

Cachorro é o mais novo sócio de time gaúcho

Copa do Mundo: Um cachorro chamado Sepp Blatter

Filhotes são treinados para atuar na Copa de 2014

Read Full Post »

Loja no interior de São Paulo funcionará todos os dias das 8h às 22h horas e terá toda estrutura da rede

A CIDADE de Sorocaba, no interior de São Paulo, ganhará hoje (23) um novo local para as compras. Trata-se da décima megaloja da rede Pet Center Marginal que funcionará em um espaço de 1.600 metros quadrados. A loja contará com todos os serviços oferecidos pela rede.

ALÉM de uma clínica veterinária, um centro de estética com serviços de banho, tosa e tratamentos diferenciados, como cauterização, coloração e escovas de hidratação. Um dos servicos mais bacanas é o dry-room, um tipo de secagem sem barulho e indicado paraa cães que ficam estressados durante o banho. A loja também terá uma farmácia completa.

“VAMOS levar para Sorocaba toda nossa experiência e nosso padrão que tornou a rede conhecida e querida entre os consumidores”, promete Sérgio Zimermam, coordenador geral da Pet CenterMarginal. Para garantir a qualidade no atendimento, todos os 45 funcionários contratados na nova megaloja serão treinados pela equipe da matriz da rede, que fica na Marginal Tietê, em São Paulo capital.

Pet Center Marginal Sorocaba

Endereço: Av. Dom Aguirre, nº 2121, Jardim Santa Rosália – Sorocaba/SP

Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h às 22h

Read Full Post »

Gramados mais secos aumentam as populações de carrapatos e o risco de infestação

EXCLUSIVO | JUNTO com o frio e o sempo seco, infelizmente, vêm os carrapatos. Esses bichinhos com cerca de 0,25 mm de diâmetro, além do incômodo e da coceira, também carregamalgumas doenças que podem ser letais para o animal de estimação e mesmo para o homem. “Erlichiose, Babesiose e Doença de Lyme são as mais comuns entre os cães. Já entre o homem temos a Febre Maculosa que podem chegar até a sua casa com os carrapatos trazidos pelo seu cão depois de um passeio no campo, parque ou mesmo na pracinha mais perto de sua casa”, alerta o Diretor Clinico do Hospital Veterinário Pet Care Marcelo Quinzani. “Por isso é preciso manter a prevenção, aplicando produtos adequados tanto no animal quanto no ambiente”, explica.

COMO prevenir

SABONETE, shampoo, loção, spray, coleiras e pour-on, aquela pipeta que é colocada na nuca do animal, são algumas das opções que recheiam as prateleiras dos petshops prometendo prevenir o aparecimento de pulgas e carrapatos e eliminar os parasitas que possam existir. “Entre todas essas opções consideram-se as coleiras, sprays e os pour-ons como os mais eficientes.” Já  a eficácia do produto depende muito do princípio ativo utilizado e da resistência a determinados produtos. É preciso estar atento porque muitos podem ser tóxicos, recomenda o médico veterinário.

LEIA também no CaninaBlog:

Operação inverno: Atchim! Pode ser gripe canina

Operação inverno: Seu cachorro está protegido do frio?

Parasitas: não basta aplicar o anti-pulgas

“Antipulgas matam centenas de cães”, afirma Agência

Read Full Post »

Esse colete da K-9 é mais do uma peça de roupa e promete acalmar cães ansiosos

EXCLUSIVO | ESTOU viajando a trabalho por uma semana nos EUA. Embora a agenda esteja bem apertada, não deixei de aproveitar para conhecer o que os donos, os cães e o mercado pet nos EUA têm para nos ensinar. Afinal, o mercado pet norte americano é o maior do mundo, seguido do Brasil e Japão.

CONFESSO que encontrei pouquissimas pessoas passeando com seus cães por aqui, mais especificamente falando do estado do Tenesse. Um comportamento compreensível em um país em que tudo é feito de carro e um verão escaldante atinge a região. Entretanto, encontrei alguns produtos geniais.

Sabe aquela bagunça que todo filhote faz pela casa? Esse kit promete mantê-lo longe do seus chinelos e super confortável

O PRIMEIRO produto é o K-9 Calmind Vest (imagem de abertura), um tipo de colete que tem como objetivo acalmar cães estressados. O produto funciona da seguinte maneira: quando vestido pelo pet, acaba pressionando levemente certos pontos do corpo do cão e trazendo um certo conforto e sensação de carinho. Sendo assim, é recomendado para cães que sofrem com ansiedade pela a ausência do dono e também para aqueles que tem medo de fogos de artifício.

A SEGUNDA sugestão para quem adora compras e cães é o Pet Palace Starter Kit, uma solução genial para quem está com um filhote novo em casa. Trata-se de um caixa, parecida com aquela para bebês, com tudo o que um filhote pode precisar: pote de comida e água, espaço para as necessidades e até uma casinha. Assim ele tem um espaço confortável para se acostumar com o cheiro da casa, mas sem fazer uma bagunça geral.

Esse kit de chuveiros foi criado para proporcionar um banho relaxante para seu pet

O ÚLTIMO serve para quem curte dar banho no seu cachorro em casa. É o  Bamboo Shower Massager Pet, um kit com vários esguichos que, além de ajudar na remoção do xampú, também proporciona um banho relaxante. Sendo que as mangueiras foram criadas para banhos dentro de casa no chuveiro, como também no jardim. Um verdadeiro spa para cães no conforto de casa.

VOCÊ já testou algum desses produtos? Então compartilhe sua experiência nos comentários deste post.

Read Full Post »

Quanto mais tempo juntos, mais o cachorro e o dono conseguem se entender

EXCLUSIVO | A COMUNICAÇÃO com os cães pode ir muito além das ordens de comandos básicos: senta, deita e rola. A partir do momento em que estamos no mesmo ambiente que um cachorro, estamos nos comunicando com ele e, portanto, estamos ensinando e aprendendo alguma coisa. Meu Fox Terrier Pêlo Duro, Ciccilo, sempre teve uma relação muito próxima comigo. Portanto, sei quando ele está com vontade de fazer xixi, doente ou chegou a hora da refeição, por exemplo.

MAS essa comunicação não precisa ser restrita aos donos. Até mesmo a minha diarista Edina, que nunca tinha tido relação com outros cães, aprendeu a se comunicar com Ciccilo depois de alguns meses de convivência. “Esse cachorro só falta falar”, ela comenta hoje. Segundo o especialista em comportamento canino, Gustavo Campelo, quanto mais tempo de convivência, mais facilmente o cão consegue entender o que desejamos e vice-versa. “Cães percebem nosso estado emocional, sabem quando estamos apreensivos, com medo, nervosos ou felizes. E reagem a nossas emoções. Se prestarmos mais atenção, também podemos entender o que se passa com o cão”, argumenta.

Cães aprendem pelas consequências

Cães percebem nosso estado emocional e reagem a nossas emoções

MAS como incentivar meu cachorro a se comunicar comigo? Campelo afirma que os cães aprendem pelas consequências e cita um exemplo: “um treinador da minha equipe conta que certa vez estava sentado no sofá e sua cadela brincava com um osso no tapete. O osso caiu debaixo do sofá e a cadela não alcançava. Começaram então as tentativas de comunicação para tentar reaver o osso inacessível. Primeiro, ela ficou encarando o treinador por quase 30 minutos. Ele já havia entendido o que ela queria, mas não fez nada. Depois ela começou a olhar e cheirar debaixo do sofá, repetia essa sequência várias vezes. Quando ela percebeu que o treinador agora prestava atenção nela, começou somente a mexer os olhos. Sem mexer a cabeça, olhava para ele e para o sofá, ininterruptamente. Nesse momento ele pegou o osso e devolveu para ela.”

PRONTO, lição aprendida. A brincadeira não serviu somente para reforçar o laço de confiança entre eles, mas também para que o dono se entendesse melhor como sua cadela no futuro.

EVITE excessos

ESSA comunicação com seu cachorro também deve ter limites. Sendo assim, tome muito cuidado para que o cão não domine o ambiente e exija sua atenção o tempo todo. “Não devemos incentivar comportamentos usados para chamar atenção. É comum visitar famílias que não conseguem conversar com visitas ou fazer uma refeição em paz pois o cão fica fazendo de tudo para chamar a atenção”, argumenta. Alguns cães trazem brinquedos, latem e até pedem comida. “É preciso deixar claro para o cão que tudo tem seu momento e que quem decide é você.” Assim como as crianças, os cachorros também precisam de limites.

LEIA mais dicas de adestramento com Gustavo Campelo nos links abaixo:

Cortar ou não o rabo do cachorro?

Gustavo Campelo: Sexualidade e o comportamento canino

Read Full Post »

Operação inverno: Atchim! Pode ser gripe canina

Cães também podem sofrer com problemas respiratórios nos meses de frio e ar seco

EXCLUSIVO | TOSSE, espirros, febre, falta de apetite e coriza. Esses são os principais sintomas de uma gripe são só entre humanos, mas também entre os cães. Nossos amigos de quatro patas podem sofrer com problemas respiratórios nos meses de frio e ar seco. Causados por vírus ou bactérias, esses quadros apresentam sintomas semelhantes ao de qualquer resfriado e são chamados de tosse dos canis ou traqueobronquite.

“ESSAS doenças podem ser causadas pelos vírus parainfluenza e adenovirus tipo 2, que não são transmissíveis ao homem e pela bactéria Bordetella bronchiseptica”, diz o Diretor Clinico do Hospital Veterinário Pet Care Marcelo Quinzani. “Podem acontecer em qualquer época do ano, mas têm incidência aumentada durante o inverno, principalmente pelo ar mais seco e frio e aglomerações em hotéis e canis devido às viagens de férias”.

A PREVENÇÃO vale no inverno e verão

SEGUNDO o médico veterinário, para prevenir, o ideal é manter a vacinação em dia. Além da vacina anti-rábica e da múltipla, que previne contra cinomose, hepatite, leptospirose, parvovirose, coronavirus e parainfluenza, os animais podem receber proteção contra a tosse dos canis anualmente. “A prevenção pode ser feita a partir dos dois meses de vida”, pontua Quinzani. “Existem duas opções de aplicação, a dose única intranasal, na qual o liquido é colocado dentro das narinas do animal, ou pelo método injetável, que deve ser feito em duas doses.”

DICA EXTRA: Outro perigo muito comum nessa época do ano é a cinomose, virose transmitida de cão para cão, devido às aglomerações de cães causadas pelas campanhas públicas de vacinações anti-rábica. “Para preveni-las devemos manter os cães vacinados e evitar aglomerações, principalmente com cães de origem desconhecida”, recomenda o Diretor Clinico do Hospital Veterinário Pet Care.

LEIA também no CaninaBlog:

Operação inverno: Seu cachorro está protegido do frio?

Vacinas: essenciais ou opcionais?

Cinomose: fique atento aos primeiros sintomas

Read Full Post »

Dentre as atividades mais aguardadas está o concurso “Cão Caipira Mais Fashion”

AGENDA | O MÊS de junho é marcado pelos festejos de São João. Mas, desta vez, não são apenas os humanos que poderão comer quitutes típicos da época e dançar quadrilha. Os cães hospedados no Pet Hotel Dog Life, localizado em São Paulo, terão a oportunidade de participar de um arraiá com direito a barraquinhas com guloseimas caninas e até um concurso de fantasia.

O EVENTO acontece dia 18 de junho e promete reunir os peludos e seus familiares em um clima de alegria e descontração. “Nosso intuito é que as pessoas se divirtam com seus cães. Cuidamos de tudo também para que os animais possam se divertir, encontrar outros cães e comer comidinhas gostosas”, garante Carla Zajdenwerg, dona da Pet Party, empresa que cuidará da organização da festa.

EVENTO ajudará cães e gatos abandonados

COMO diferencial, a comemoração também ajudará uma ONG de cães e gatos abandonados, a Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis (APASFA), como explica o veterinário João Carlos Colombo, um dos proprietários do Pet Hotel Dog Life. “Não cobraremos a entrada dos visitantes, mas pedimos a todos que tragam a quantidade de ração que puderem para doarmos”.

A comemoração ajudará uma ONG de cães e gatos abandonados

ALÉM da doação de ração, a festa vai disponibilizar aos visitantes sete barracas de comidas típicas, tanto para humanos quanto para cães. Para os animais, a Pet Party vai oferecer tortas de frango, carne, maçã e banana, além de muffins, biscoitos e mini bolos decorados. E para evitar excessos, Carla explica que os petiscos não ficarão à disposição do cachorro, cabendo unicamente ao dono fornecer a quantidade que julgar adequada. “Além disso, as comidinhas serão vendidas a preços simbólicos, dessa forma, a verba arrecada no evento também será doada à APASFA”.

CONCURSO de Cão Caipira

DENTRE as atividades mais aguardadas da I Festa Junina Canina, Carla destaca o concurso “Cão Caipira Mais Fashion”, que, segundo a organizadora, vai premiar os três cachorros com as fantasias mais criativas. “Vamos montar uma passarela onde os animais vão desfilar, e ao final, os vencedores ganharão prêmios exclusivos doados pelos nossos parceiros”. O 1º colocado ganhará um final de semana com acompanhante no Hotel Wembley Inn – Ubatuba. O 2º ganhará um pacote de banho e tosa e o 3º um pacote de creche para o cãozinho.

I Festa Junina Canina

Data: 18/06/2011

Local: Pet Hotel Dog Life – Av. Amador Bueno da Veiga, 4.800. Penha, São Paulo – SP

Horário: das 15h às 19h

Entrada: a quantidade de ração doada fica a critério do proprietário do animal

Read Full Post »

Agora seu cachorro pode deixar de simplesmente babar e saborear

EXCLUSIVO | SEU cachorro está de aniversário este mês ou você quer comemorar alguma data especial ao lado do seu melhor amigo? Todo mundo sabe que em uma festa não pode faltar bolo e muita animação. Mas como preparar um bolo que meu cachorro pode comer?

A LEITORA Larissa de Oliveira Cangussu fez essa pergunta e a equipe do CaninaBlog correu atrás de uma resposta. A receita abaixo foi adaptada por Tula Verusca Pereira, zootecnista do blog Cão Natural, e pode ser saboreada por você e pelo seu pet. Sem culpa, mas com moderação.

QUEM se arriscar na cozinha depois pode contar como foi a experiência. Bom apetite!

INGREDIENTES:

2 / 3 xícara de bananas amassadas

1 / 2 xícara de manteiga amolecida

3 / 4 de xícara de água

3 ovos grandes

2 xícaras de farinha de trigo integral

2 colheres de chá de fermento em pó

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

1 colher de chá de gengibre

2 colheres de chá. canela

1 / 2 xícara de castanhas picadas

COMO preparar:

Pré-aqueça o forno a180 °C. Depois misture a farinha, o fermento, o bicarbonato de sódio, gengibre e canela em uma tigela média. Ponha de lado. Bata a banana e a manteiga até ficar cremoso. Bata na água um ovo de cada vez. Misture os ingredientes secos à mistura de banana. Despeje a massa uniformemente em uma forma untada e asse por 35 minutos. Deixe esfriar dentro do forno por 5 minutos. Retire da forma e deixe esfriar completamente. Pronto, pode começar a festa!

LEIA  também no CaninaBlog:

Petiscos que fazem bem e ainda adestram

Mitos e verdades sobre alimentação canina

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: