Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\-02:00 2012

Pesquisa brasileira prepara exame mais simples para detectar demência canina

SAÚDE | HÁ MUITA controvérsia sobre o início da ‘terceira idade’ dos cães, mas o fato é que os animais de grande porte envelhecem mais rápido e têm menor expectativa de vida. E assim como os humanos, a velhice canina também pode acarretar problemas de memória e aprendizado. “Infelizmente, o serviço de neurologia está muito distante da rotina veterinária”, lamenta o médico-veterinário Rogério Martins Amorim, professor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp de Botucatu (FMVZ).

SEGUNDO uma reportagem publicada no site Rede Notícia, um estudo da FMVZ coordenada por Amorim propõe que um teste clínico de rotina para detecção da disfunção cognitiva canina – também conhecida popularmente como “demência dos cães idosos” ou “mal de Alzheimer canino” – faça parte dos exames de rotina dos veterinários no consultório. “Infelizmente, o serviço de neurologia está muito distante da rotina veterinária”, lamenta Amorim.

Demência canina pode acarretar problemas de memória e aprendizado

A DEMÊNCIA canina

A POPULAÇÃO canina no Brasil tem envelhecido e, assim como os humanos, a velhice canina também pode acarretar problemas de memória e aprendizado. A doença se caracteriza por uma intensa desorientação do cão, diminuição da atividade física, alterações em padrão do sono, memória visual, rotinas e hábitos de higiene e até o não reconhecimento dos donos. No caso da disfunção cognitiva canina, essas alterações são muito intensas, agem no cérebro de forma semelhante ao mal de Alzheimer, diminuindo sensivelmente a qualidade de vida do animal.

NOVO método de avaliação

O VETERINÁRIO Rogério Amorim explica que há modelos de detecção da doença criados por cientistas de universidades de EUA e Canadá. “Mas ainda não há um teste laboratorial adaptado à rotina de atendimento clínico e que seja aplicado como forma de diagnóstico precoce da doença”, diz o professor. Por essa razão, a Faculdade de Veterinária e Zootecnia da Unesp de Botucatu está preparando uma maneira mais simples de diagnóstico. O novo método consiste em um aparelho de madeira que oferece um petisco ao animal sempre que este escolher o objeto correto entre dois – pode ser uma cor específica ou um formato. O próximo passo do projeto é validar cientificamente o modelo para que ele passe a ser usado no atendimento clínico do Hospital Veterinário da Unesp de Botucatu e assim garantir uma terceira idade mais feliz para milhares de cães. (Fonte: Rede Notícia)

PARA ler a reportagem completa, publicada no site Rede Notícia, clique aqui. Confira mais pesquisas sobre cachorros clicando nos links abaixo:

Cientistas confirmam que cães têm consciência

Vacinação canina: O perigo do excesso

“Mortes em pet shops são problemas da modernidade”

Read Full Post »

Moletom da marca Petit Maurice com estampa tigrada sai por R$ 39

MODA | QUEM não adora vestir um confortável e quentinho moletom no inverno? Todo mundo tem pelo menos uma peça de moletom guardada no armário, de crianças até os mais velhos. E que tal uma linha completa de moletons super fashions inspirada nas grandes marcas humanas mas pensada só para cachorros? A ideia é da marca gaúcha Petit Maurice que criou uma linha só de moletons.

Este moletom florido com capuz da Petit Maurice é vendido por R$ 49

MAIS do que surpreender com os tecidos, o que espanta na marca é o corte dos peças. Por essas imagens do post você pode conferir como cada modelo veste perfeitamente várias raças, tamanhos e formatos de cães – desde Yorkshires minúsculos até Pugs mais reforçados.

“NAS tabelas de cores oferecemos várias opções, dos tons mais fortes aos tons pastéis. Os tamanhos vão do PP ao GG e oferecemos várias opções de estampas, desde o liberty ao listrado”, comenta a empresária Márcia Bonorimo, proprietária da Petit Maurice.

Modelo com capuz e zíper é vendido por R$ 45 no site da marca

OS MODELOS podem ser adquiridos por encomenda diretamente na Petit Maurice pelo e-mail contato@petitmaurice.com.br. Para comprar, basta informar o modelo, cor e tamanho que a empresa envia a encomenda por Sedex para qualquer parte do Brasil. Aliás, no site da marca você pode encontrar mais modelos e estampas super fofas.

CONFIRA mais dicas de moda inverno pet aqui no CaninaBlog:

Inverno: Marcas de moda pet mostram novidades

Capa de chuva para cães

Novidade: Cães na moda das estampas de bichos

Seu pet vestido por um designer

Read Full Post »

Cães devem ser acostumados a brincar entre si desde filhote, recomenda adestrador

EXCLUSIVO | MEU Fox Terrier Ciccilo é filho único. Talvez, por essa razão, tenha se acostumado a brincar sozinho com uma bola (ele dribla como ninguém) e também pede para humanos interagirem nas suas brincadeiras. Só me dei conta de que Ciccilo não sabe brincar com outros cães quando Dulce, uma SRD charmosa da minha amiga Dani Koetz, começou a frequentar nossa casa.

DULCE é a primeira cachorra que Ciccilo não tentou dominar – ele nunca tentou montar nas costas dela – e o convívio é super amigável. Com a mesma idade, cerca de 8 anos, os dois têm saúde e energia de sobra. Mas quando jogamos a bolinha para os dois buscarem, Dulce se mostra muito mais ágil e ganha todas as disputas de lavada. O que Ciccilo, o mimado, faz? Me olha com uma cara de: “mamãe, assim não tem graça” (risos).

SEGUNDO o especialista em comportamento canino Gustavo Campelo, a falta de contato de Ciccilo com outros cães não possibilitou que ele aprendesse a brincar com outros pets. “Mas, em geral, cães sabem se divertir sozinhos”,  explica o especialista.

COMO estimular a diversão

“Desentendimentos entre cães podem acontecer e são até normais”, afirma Gustavo Campelo

DESDE a chegada de Dulce, tenho me perguntado como estimular as brincadeiras e a interação entre os dois. E Campelo dá as dicas: “podemos deixar objetos no ambiente e, quando eles por conta própria, tomarem iniciativa, basta elogiar”, recomenda. Uma corda, por exemplo, pode servir de estímulo. “Eles vão cheirar o objeto e tentar entender para que serve aquilo. Em um certo momento, eles vão morder e sair correndo e isso vai estimular o outro a fazer o mesmo”, prevê Campelo.

BRINCAR faz bem à saúde física e mental dos cães. Por isso, o adestrador explica que é importante proporcionar ao cão o contato com outros cachorros desde filhote. “Aqui em casa eles brincam por tudo. Um pega uma pedrinha no jardim e o outro quer saber o que esta acontecendo e ai eles começam a brincar de pega-pega”, relata Campelo.

QUANDO a brincadeira vira briga

CICCILO tem se mostrado muito paciente com Dulce. Mas quando seu brinquedo favorito entra na brincadeira (um frango de plástico), a relação pode ficar um pouco tensa. Segundo Campelo, os desentendimentos podem acontecer e são até normais. “Um rosna daqui outro de lá”, comenta. O que temos que evitar é que essas situações não ultrapassem alguns limites. Para o adestrador, o desentendimento entre cães nunca deve chegar ao ponto de um morder o outro agressivamente – mas morder “de brincadeira” é normal e o dono pode ficar tranquilo.

LEIA também no CaninaBlog:

Brincar faz bem à saúde do seu cão

Gustavo Campelo: Meu cachorro destrói seus brinquedos

Gustavo Campelo: Brincadeiras para seu cão idoso

Read Full Post »

Conjunto da linha Princesas da Disney com guia e peitoral sai por cerca de R$ 21

ACESSÓRIOS | QUEM conhece ou convive com uma menina com menos de 10 anos já sabe que as Princesas da Disney são o sonho de consumo de 10 em cada 10 pequenas. E essa verdadeira febre é alimentada com bonecas, livros, jogos, cosméticos, roupa de capa e uma infinidade de produtos. A novidade é que agora seu cachorro também pode ter uma coleira inspirada nas Princesas Disney.

A MARCA São Francisco acaba de lanças acessórios com cinco estampas diferentes que trazem o universo encantado de Branca de Neve, Cinderela, Aurora e Bela para as cachorrinhas mais estilosas. Segundo Nelo Marracini Neto, diretor comercial da fabricante, as peças que compõem a coleção são coleiras, guias e peitorais que primam pela qualidade e design. “Temos um contrato exclusivo com a Disney, o que nos torna a única empresa do mercado pet que obteve a confiança da marca para comercializar os acessórios”.

OS PRODUTOS estão disponíveis nos tamanhos pequeno, médio e grande, o que garante o ajuste no corpinho de animais de diversos portes e já podem ser encontrados em pet shops de todo Brasil.

CONFIRA abaixo mais posts sobre coleiras já publicados aqui no CaninaBlog:

Guia retrátil Flexi: Seu cachorro mais saudável e fashion

Coleiras e guias que brilham no escuro

Seu cachorro usa a coleira certa?

Read Full Post »

Publicado pela Universo dos Livros, tem 232 páginas e é encontrado por cerca de R$ 29,90 nas livrarias

PROMOÇÃO | DEZENAS de pessoas curtiram o post da promoção entre o CaninaBlog e a editora Universo dos Livros e mostraram que seu cachorro é um grande heroi da sua vida. Assim como a Labrador Adelle provou sua coragem para seu dono deficiente visual Michael Hingson ao salvá-lo do ataque terrorista de 11 de setembro nos EUA.

A HISTÓRIA de heroism canino é contado no novo livro da editora Universo dos Livros. Adorável heroína relata a saga de um homem cego e de sua amada cão-guia na luta pela sobrevivência não só dentro das Torres Gêmeas, mas ao longo de vários anos de companheirismo.

RESULTADO

AGORA  você pode conferir o nome de dois donos que participaram da promoção e declararam que seus cães são seus grandes herois. As duas melhores respostas vão levar pra casa um exemplar do livro Adorável heroína publicado pela editor Universo dos Livros. Confira o resultado e as respostas escolhidas abaixo:

VENCEDORA 1: Vivian Lima e seu cão Aaaron

“O Aaron é meu super herói, porque ele é o “The Flash” quando corre ao meu encontro balançando sempre o rabinho com jeito feliz. Tem visão de Raio X do “Super Homem” e sempre nota se estou feliz ou triste, ele sempre enxerga meus sentimentos e necessidades. As vezes, é um pouquinho “Hulk” ,principalmente quando toma banho e tem que secar a cabeça – ele fica bem nervoso e quase verde (rsrsrsrs). Um verdadeiro “Aquaman” quando quer pular na piscina ou correr na chuva. Um “Homem Aranha” quando quer subir no sofá ou na cama ou ainda dormir sob minha cabeça e sempre consegue”. Ele é o “Batman” com sua inteligência super avançada – sempre lança o símbolo amarelo quando quer alguma coisa e com aquele sinal foca toda minha atenção para ele. E não poderia esquecer que ele é também um pouquinho de “Vira Lata”, só que ainda está a procura de sua “Doce Polly”. Este é meu super herói, vários heróis dentro de um, dentro do meu “baby dog” Aaron!”

VENCEDORA 2: Marya Florencio

“Porque ele deu a minha vida a verdadeira essência da amizade e confiança. Faz brotar o que há de bom em mim, daria sua vida a favor da minha. Ele é meu pai, meu irmão, meu filho, meu amigo e, principalmente, meu herói.”

PARABÉNS aos vencedores da promoção! Vocês têm até o dia 27 de julho de 2012 para enviar seu nome e endereço completo para renata.faggion@gmail.com e receber em casa o seu prêmio.

CONFIRA como funcionou a promoção clicando no link abaixo:

Livro: A heroína canina do 11 de setembro

Read Full Post »

Cães machos têm maior risco de doenças urinárias como a obstrução por cálculos

EXCLUSIVO | SAIR PARA levar seu cachorro para fazer xixi significa muito mais do que um momento de lazer para seu pet. Também é uma questão de saúde. Para você ter uma ideia, cães de pequeno porte são mais predispostos a terem problemas urinários do que raças grandes porque, geralmente, fazem menos atividade física, ficam muito tempo confinados e consomem menos água. “A alimentação também apresenta um papel significativo na saúde do trato urinário, o que pode ocasionar na formação de cálculos”, avisa a médica veterinária da Vetnil Isabella Vincoletto.

A RECOMENDAÇÃO é que seu cachorro saia para se “aliviar” o máximo de vezes possível, normalmente 3 vezes ao dia. Mas, caso não seja possível, o proprietário pode desde cedo ensinar o filhote a fazer xixi em um local específico dentro de casa ou no quintal. “O que ajuda muito na sua rotina e evita que o pet segure por muito tempo a urina”, explica Isabella. Sendo que os machos apresentam maior risco de obstrução uretral por cristais, pedras ou cálculos.

Levar seu cão para fazer xixi várias vezes ao dia pode evitar problemas

AS DOENÇAS urinárias são frequentemente diagnosticadas por um veterinário, mas alguns sintomas são visíveis aos donos. Confira abaixo quais são as principais doenças e seus sintomas segundo a veterináriaa da Vetnil Isabella Vincoletto:

CÁLCULOS urinários

São cristais formados na urina e que geram desconforto e dor ao urinar. Pode levar ao aparecimento de sangue na urina, cistites, incontinência, retenção urinária, complicações infecciosas e renais.

INSUFICIÊNCIA renal crônica

Os sintomas geralmente aparecem quando 75% do rim de um cão já estiver comprometido. Sendo que os sinais mais comuns são: aumento do consumo de água e xixi mais frequente. Além de anorexia, perda de peso, vômitos, diarréia, mau hálito, fraqueza e cansaço excessivo depois de exercícios leves.

INCONTINÊNCIA Urinária

Caracterizada pela micção involuntária e pode ter múltiplas causas, como lesões do sistema nervoso, má formação congênita e lesões adquiridas na bexiga.

CISTITE

Conhecida como inflamação na bexiga, as causas mais comuns são infecção bacteriana das vias urinárias, pedras na bexiga, tumores ou defeito anatômico, gerando um grande número de sintomas, como diminuição ou aumento da frequência em urinar ou incontinência urinária (não conseguem segurar a urina por muito tempo) e em alguns casos pode aparecer sangue na urina.

LEIA também no CaninaBlog:

Cães machos: Problemas na próstata (I)

Como está o cocô do seu cachorro?

Adestramento: Filhotes aprendem a fazer xixi no lugar certo?

Ensinando um cão adulto a fazer xixi no lugar certo

Read Full Post »

AGENDA | DIZEM que amigo é aquele irmão que a gente escolhe. Se isto é verdade, este vídeo mostra que até mesmo bichos de raças diferentes (e até chamadas de inimigas) podem curtir o melhor da amizade.

O VÍDEO publicado no YouTube mostra um Labrador e sua incrível paciência com vários gatinhos. Não deixe de assistir, se emocionar e compartilhar com seus melhores amigos. Feliz Dia do Amigo!

CONFIRA também no CaninaBlog:

Dia do Amigo: Conte sua história de amizade canina

Propaganda mostra fidelidade canina além da morte

Exposição mostra famosos e o incondicional amor canino

Vídeo: Amizade não se compra

Read Full Post »

Pesquisa afirma que mamíferos também têm as estruturas nervosas da consciência

CIÊNCIA | UMA pesquisa realizada pelo neurocientista canadense Philip Low e assinada por especialistas de todo o mundo afirma que mamíferos e aves, incluindo cachorros, têm consciência. A notícia foi publicada em uma reportagem da revista Veja e esclarece que outros estudos sobre o comportamento animal afirmavam que vários animais possuem certo grau de consciência. Já esta nova pesquisa mostra que o cérebro é o real responsável pela consciência e que a semelhança cerebral entre seres humanos e outros animais é imensa. Sendo assim, os cientistas concluíram que mamíferos e aves também possuem consciência. Para se ter uma ideia da importância e respeitabilidade da pesquisa, o cientista Stephen Hawking, uma das mentes mais brilhantes do mundo, estava presente no jantar de assinatura do manifesto como convidado de honra, afirma a revista Veja.

CONFIRA abaixo parte da entrevista que o neurocientista canadense Philip Low deu para a Veja a respeito dessa descobeta. Você pode ler a entrevista na íntegra no site da Veja clicando aqui:

O consagrado cientista Stephen Hawking confirma a pesquisa

VEJA: Estudos sobre o comportamento animal já afirmam que vários animais possuem certo grau de consciência. O que a neurociência diz a respeito?

Philip Low: Descobrimos que as estruturas que nos distinguem de outros animais, como o córtex cerebral, não são responsáveis pela manifestação da consciência. Resumidamente, se o restante do cérebro é responsável pela consciência e essas estruturas são semelhantes entre seres humanos e outros animais, como mamíferos e pássaros, concluímos que esses animais também possuem consciência.

VEJA: Que tipo de comportamento animal dá suporte à ideia de que eles têm consciência?

Philip Low: Quando um cachorro está com medo, sentindo dor, ou feliz em ver seu dono, são ativadas em seu cérebro estruturas semelhantes às que são ativadas em humanos quando demonstramos medo, dor e prazer. Um comportamento muito importante é o autorreconhecimento no espelho. Dentre os animais que conseguem fazer isso, além dos seres humanos, estão os golfinhos, chimpanzés, bonobos, cães e uma espécie de pássaro chamada pica-pica.

LEIA sobre mais descobertas científicas que envolvem cachorros clicando nos links abaixo:

Meu cachorro assiste televisão. Será mesmo?

É verdade: Cachorros podem ler nossos pensamentos

Cachorro pode prevenir alergia em crianças

FDA recomenda que donos não deem ossos para cachorros

Read Full Post »

A almofada Sleeping Bully da marca PopDog tem estampa de um cãozinho dormindo (R$ 54,90)

DECORAÇÃO | NÃO SEI como é com seu cachorro, mas nessa época do ano Ciccilo vive pulando no sofá. O frio faz com que meu Fox Terrier deixe pra lá o piso gelado e procure o local mais quentinho da casa, ou seja, no sofá da sala entre as várias almofadas.

SE VOCÊ é daqueles que abre uma exceção no inverno (como eu), ou libera geral o sofá e até a cama para a cachorrada o ano inteiro, então vai adorar a coleção de almofadas da marca PopDog.

SÃO dezenas de opções com estampas e até formatos bem cachorreiros. Como esta almofada na abertura do post no formato de um fofinho Bulldog Francês deitado, quaaase dormindo! A almofada é feita com tecido resistente e de fácil limpeza, além de enchimento em fibras de silicone, antialérgica e que não deforma.

Há diversas opções de estampas com a raça Frenchie (R$ 53,90 cada)

A MARCA ainda disponibiliza almofadas personalizadas e de acordo com a raça e características do cão. Como essas na imagem ao lado que medem 45×45 cm, tÊm enchimento com fibra antialérgica e custam R$ 53,90 cada na loja online da PopDog.

Caminha da PopDog é fabricada com tecido lavável e bordas em plush

AGORA, se você não abre mão do seu sofá ou não libera a cama para seu pet e acha que lugar de cachorro é na própria caminha, que tal essa caminha com estampa de Bulldog Francês criada com tecido lavável, bordas em plush? Há ainda mais opções de camas como essa, com 80 cm de diâmetro e por R$ 129,90 na loja da PopDog que atende o Brasil inteiro.

CONFIRA mais dicas de decoração no CaninaBlog:

Revista Minha Casa recomenda CaninaBlog

Tok&Stok se rende ao mundo pet

Cachorro pra pendurar na parede

Uma versão pop canina

Acessórios que são pura fofura!

Read Full Post »

Livro tem 232 páginas e é encontrado por cerca de R$ 29,90 nas livrarias

PROMOÇÃO | A IMAGEM dos dois aviões atingindo o World Trade Center em Nova York se tornou uma das mais marcantes da nossa geração. Quem não parou tudo o que estava fazendo no dia 11 de setembro de 2001 para assistir ao ataque de terroristas em pleno território norte-americano? Cerca de 700 pessoas morreram dentro das Torres Gêmeas. Mas entre as 5 mil pessoas que trabalhavam nas duas torres, uma foi salva não graças ao trabalho de centenas de bombeiros que arriscavam suas vidas. Nesta história impressionante, a grade heroína foi uma cadela da raça Labrador chamada Roselle.

CEGO desde o nascimento, Michael Hingson lutou a vida inteira para se tornar um profissional de excelência e chegou literalmente ao topo ao ser contratado por uma grande empresa que ficava no 78º andar da Torre Norte do World Trade Center. Até que às 8h46 do dia 11 de setembro de 2001, tudo mudou. Hingson começou a ouvir os sons de vidro estilhaçado, destroços caindo e pessoas aterrorizadas se reunindo em torno dele e de sua cão-guia, a Labrador Adelle. “Eu confio em Roselle a minha vida, todos os dias. Ela confia em mim para dirigir a dela. E naquele dia não foi diferente, exceto que os riscos eram maiores”, relata o autor no livro Adorável heroína, publicado no Brasil pela editora Universo dos Livros. Baseado em fatos reais, o livro conta a saga de um homem cego e de sua amada cão-guia na luta pela sobrevivência.

QUER ganhar um livro?

CURIOSO com a história de Adelle e Michael Hingson? Então não deixe de participar da promoção do CaninaBlog e da editora Universo dos Livros que irá presentear duas (2) pessoas com um exemplar do livro Adorável heroína. Para participar é muito simples, basta seguir os três passos abaixo:

  1. Dê um curtir no Fanpage do CaninaBlog no Facebook (clique aqui para acessar);
  2. Depois é só curtir o Fanpage da editora Universo dos livros (clique aqui para acessar);
  3. E por fim, mas não menos importante, dê um curtir neste post e responda a pergunta nos comentários abaixo: Por que seu cachorro é seu maior herói?

AS DUAS respostas mais criativas levarão um exemplar do livro Adorável heroína da editora Universo dos Livros para casa. O concurso vai até o dia 23 de julho de 2012 e o resultado será divulgado aqui no CaninaBlog no dia 24 de julho.

CONFIRA abaixo um vídeo em inglês com a cão-guia Adelle e seu dono Michael Hingson. Para ver legendado, basta apertar o botão de Closed Caption no Youtube (CC).

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: