Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 14 de fevereiro de 2013

Rede Rodoserv fica na Rodovia Castelo Branco, uma das melhores do Brasil

Rede Rodoserv fica na Rodovia Castelo Branco, uma das melhores do Brasil

EXCLUSIVO | QUEM acompanha o CaninaBlog sabe que levo Ciccilo comigo para todo lado. Seja na padaria da esquina ou até em uma viagem de avião.  Não seria diferente neste último Carnaval quando levei meu Fox Terrier para visitar a família no norte do Paraná. Bem, Ciccilo não curte nada os passeios de carro (diferente da maioria dos cães), enjoa e tudo mais. Mas aguenta tudo porque sabe que o destino ele adora: dias brincando com um dos meus sete sobrinhos.

Ciccilo sempre veste seu cinto de segurança na estrada

Ciccilo sempre veste seu cinto de segurança

O CAMINHO de São Paulo para o norte do Paraná é a Rodovia Castelo Branco, construída em 1968 e que é considerada uma das 20 melhores e mais seguras estradas do Brasil segundo uma pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Recheada de pedágios, a estrada permite até 120 km/hora (por isso Ciccilo sempre usa seu cinto de segurança) e contém inúmeras paradas com direito a restaurantes, imensas lojas de conveniências e até shoppings. Opção de descanso e banheiro limpo é o que não falta.

PARADA obrigatória

NO MEIO do caminho, resolvemos parar para Ciccilo esticar as patinhas, beber uma água e fazer um xixi. A escolha foi uma das lojas da rede Rodoserv Sorriso em Pardinho (SP, KM 191). Também aproveitamos para almoçar. Mas e Ciccilo? Não gosto de deixá-lo dentro do carro, mesmo quando a temperatura é amena e o carro está na sombra, por isso perguntei a moça da recepção se havia algum local seguro para deixá-lo. Ela me apontou um rapaz encarregado exclusivamente de cuidar dos cãezinhos dos clientes. Como ele já cuidava de outro cão (e Ciccilo não se dá muito bem com outros machos), combinamos que ele ficaria preso na entrada do restaurante sob a supervisão do funcionário da Rodoserv.

MEU marido e eu entramos e almoçamos o mais rápido possível para voltarmos pra estrada. Enquanto ele pagava, fui até o local onde deixei Ciccilo. Bem, meu filhote estava lá quietinho me esperando (felizmente), mas e o menino responsável? Parado há alguns metros, tão distraído que nem me viu soltando Ciccilo e muito menos meu aceno. Ui! Me deu um frio na barriga! E se outra pessoa decidisse levar meu Fox Terrier dali? Lição aprendida: nunca mais deixo Ciccilo sob a supervisão de um desconhecido, mesmo que ele esteja sendo pago exclusivamente para o serviço.

LEIA também no CaninaBlog:

Nós testamos o cinto de segurança da Bracannes

Viajando tranquilo com seu cão dentro do carro

Turismo canino: Planejamento é tudo

Nós testamos a capa para carro Protege-Cão

Anúncios

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: