Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Castração’

PremieR pet - MOCKUP AMBIENTES CASTRADOS 12 KG [NOVO LAYOUT] [18 CM]

Ração é encontrada nos pet shops em embalagens de 2,5 e 12 quilos

NOVIDADE | QUEM tem um cachorro castrado em casa sabe dos  inúmeros benefícios. Além de evitar a reprodução desenfreada – causa principal da imensa quantidade de cães de rua no Brasil -, há ainda benefícios no comportamento e na saúde dos cães. Veterinários são unânimes ao afirmar que nas fêmeas a cirurgia evita o desenvolvimento de tumores de ovário e mamas, além de infecções uterinas graves e ocorrências de gravidez psicológica. No caso dos machos, previne neoplasias testiculares, hiperplasias da próstata e promove o declínio da agressividade e do comportamento inadequado.

MAS cães castrados também se tornam, em geral, mais sedentários, gastam menos energia e podem tender à obesidade, um fato muitas vezes potencializado pela predisposição genética de algumas raças. “Esse aspecto, por si só, já determina a necessidade de uma nutrição diferenciada”, afirma Keila Regina de Godoy, médica veterinária da marca de alimentos PremieR pet. Por essa razão, a marca trabalhou por anos em uma fórmula especialmente pensada para cães castrados.

FOI assim que surgiu o Super Premium PremieR Ambientes Internos Cães Castrados que oferece auxílio no controle de peso com níveis reduzidos de gorduras e calorias, além de elevado teor de fibras (5%). “Também oferece excelente composição proteica (31,5%), com a utilização exclusiva de matérias-primas de alto valor nutricional, e é enriquecido com L-carnitina, substância que desempenha papel importante no metabolismo de gordura”, explica a médica veterinária da PremieR pet. A fórmula inclui ainda ingredientes como farinha de ervilha e cevada, que ajudam a manter a glicemia em níveis mais constantes, o que contribuiria para maior saciedade.

LEIA mais sobre castração aqui no CaninaBlog:

“Sem política pública de castração estamos enxugando gelo”

As vantagens da castração química

Cães machos: Castrar pode prevenir doenças (III)

Projeto de castração vence mais uma etapa

Read Full Post »

Ciccilo será castrado para evitar problemas mais graves com a próstata

EXCLUSIVO | COM QUASE 9 anos de idade, Ciccilo agora faz parte do crescente grupo de cães machos não-castrados acima dos 5 anos de idade que apresentaram hiperplasia prostática benigna, ou seja, a próstata dele está aumentada. Os exames por imagem só comprovaram que a mudança no comportamento do meu Fox Terrier Pêlo Duro – ele tem feito xixi dentro de casa e tem dificuldade para controlar a saída da urina – tem relação direta com a saúde da próstata.

PARA evitar problemas mais graves, a veterinária de Ciccilo, Sylvia Angélico, recomendou a castração.  “A castração faz a próstata voltar ao tamanho normal porque não há mais influência dos hormônios sexuais produzidos nos testículos”, explica Sylvia.

SE VOCÊ também tem um cão macho e já cogitou castrar seu pet, mas ainda tem dúvidas sobre o procedimento, confira abaixo as dicas da médica veterinária Sylvia Angélico do blog Cachorro Verde:

“A castração faz a próstata voltar ao tamanho normal”, explica a veterinária Sylvia Angélico

QUANDO castrar previne problemas

A HIPERPLASIA prostática benigna (HPB) se torna mais comum em cães não-castrados acima dos 5 anos de idade, mas pode acontecer até antes dessa idade. Para prevenir a HPB em geral se recomenda castrar o cão macho. Caso o cuidador prefira não castrar o animal, deve estar sempre atento a alterações como descargas uretrais (secreção purulenta ou sanguinolenta saindo do prepúcio), ato excessivo de lamber o prepúcio (o cão pode estar limpando essa secreção excessiva), presença de sangue no sêmen (para cães reprodutores que têm o sêmen avaliado regularmente) e dificuldade de defecar. Se o porte do cão permitir, é interessante solicitar ao veterinário clínico-geral que realize o exame de toque retal no macho não castrado durante consultas de rotina. Esse exame permite avaliar as dimensões da próstata.

CUIDADOS recomendados

A PARTIR dos 7 anos de idade, pode ser importante submeter o cão macho não castrado a uma ultrassonografia abdominal anual para avaliar o aspecto da próstata e também os testículos. A ultrassonografia dos testículos pode indicar presença de tumores, por exemplo. Cães machos intactos também devem ter seus testículos examinados e palpados regularmente. Ao notar  testículos aumentados, atrofiados (pequeninos), quentes, amolecidos ou com qualquer alteração, o dono deve procurar o veterinário.

CASTRAR como prevenção

CASTRAR previne completamente o tumor testicular e a hiperplasia prostática benigna (HPB) que são relativamente comuns, principalmente em cães de meia idade e idosos. Mas não previne o câncer de próstata que, felizmente, é raro, ou a infecção da próstata. É interessante adicionar que a castração é o tratamento para a hiperplasia prostática benigna e para o tumor testicular. A castração faz a próstata voltar ao tamanho normal porque não há mais influência dos hormônios sexuais (produzidos nos testículos). Contudo, após a castração uma próstata muito aumentada pode levar de semanas a meses para reduzir significativamente. Por esse motivo, se indica castrar o cão antes do problema aparecer. Também não se recomenda esperar que um tumor testicular apareça para castrar o macho, porque embora não seja comum, alguns tumores testiculares malignos podem metastatizar, ou seja, se espalhar para outrar partes do corpo.

É PERIGOSO castrar?

A CASTRAÇÃO, principalmente do cão macho, é um procedimento cirúrgico em geral muito tranquilo, seguro e rápido, com excelente recuperação pós-cirúrgica. É muito melhor optar pela castração calmamente, antes de aparecer algum problema, do que depois que o problema já apareceu.

CONFIRA mais posts sobre castração publicados aqui no CaninaBlog:

Cães machos: Problemas na próstata (II)

Cães machos: Problemas na próstata (I)

“Sem política pública de castração estamos enxugando gelo”

As vantagens da castração química

Read Full Post »

Ciccilo está com hiperplasia prostática benigna e por isso será castrado em breve

EXCLUSIVO | TODO mundo sabe que homens, em geral, não são muito atentos à própria saúde. Talvez por isso o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total de cânceres. Entre os cães, tanto castrados como sexualmente intactos, felizmente, o câncer na próstata é bastante incomum.

MAS outros problemas na próstata podem sim acometer os cães machos. Por essa razão, é recomendado, a partir dos 7 anos de idade, submeter o cão macho não castrado a uma ultrassonografia abdominal anualmente para avaliar o aspecto da próstata e também os testículos. “A ultrassonografia dos testículos pode indicar presença de tumores, por exemplo”, explica a médica veterinária Sylvia Angélico. Cães machos intactos também devem ter seus testículos examinados e palpados regularmente não só pelo veterinário, mas também pelos donos. “Ao notar  testículos aumentados, atrofiados (pequeninos), quentes, amolecidos ou com qualquer alteração, o cuidador deve procurar o médico-veterinário”, recomenda a também criadora do blog Cachorro Verde.

PARA ajudar donos de cães machos, a médica veterinária Sylvia Angélico respondeu várias dúvidas sobre a próstata. Confira abaixo:

“Ao notar testículos aumentados, atrofiados, quentes ou amolecidos procure um veterinário”, recomenda a vet Sylvia

QUAL é a função da próstata?

A próstata é uma glândula sexual e produz um líquido que compõe 97% do sêmen. Esse líquido dá volume ao sêmen e ajuda no transporte dos espermatozóides.

SINTOMAS de problemas

Alguns cães com problemas na próstata podem não mostrar nenhum sintoma. Mas, dependendo do tamanho da próstata e da doença em si, o cão pode apresentar: secreção uretral purulenta, sanguinolenta ou mesmo clarinha (visível no prepúcio e glande do pênis), presença de sangue na urina ou no sêmen, constipação e dificuldade de defecar. Quando a próstata atinge dimensões mórbidas (se torna enorme), ela comprime a saída das fezes, resultando em constipação ou na eliminação de fezes achatadas, com aspecto de fita.

PRINCIPAIS doenças na próstata

O transtorno mais frequente em cães não-castrados é a hiperplasia prostática benigna (HPB), ou seja, o aumento da próstata sob estímulo dos andrógenos, os hormônios sexuais masculinos.

Outras alterações podem acometer a próstata, como a prostatite bacteriana crônica. Trata-se da infecção da próstata, causada, por exemplo, por bactérias da uretra ou que chegam à próstata pela circulação sanguínea. Cães, tanto castrados como sexualmente intactos, também podem ter câncer na próstata, embora seja considerado bastante incomum. Cães machos podem também apresentar tumores testiculares malignos. São razoavelmente comuns em cães idosos.

NO PRÓXIMO post da série sobre doenças que acometem os cães machos, a médica veterinária Sylvia Angélico falará sobre quando castrar é também a melhor prevenção.

CONFIRA abaixo outros já publicados sobre o assunto:

Cães machos: Problemas na próstata (I)

“Sem política pública de castração estamos enxugando gelo”

As vantagens da castração química

Benefícios e malefícios da castração

Read Full Post »

Cães maiores de 7 anos como Ciccilo precisam avaliar próstata e testículo anualmente

EXCLUSIVO | MEU Fox Terrier Ciccilo tem quase 9 anos e um saúde de ferro. Mas, há algumas semanas, tenho notado que, quando ele faz xixi, acaba não controlando bem o esguicho e a urina continua saindo mesmo quando ele abaixa a perninha. Para tirar qualquer dúvida, a veterinária Sylvia Angélico (do blog Cachorro Verde) pediu uma série de exames de sangue e por imagem.

FOI com base na ultrassonografia abdominal que ela descobriu que Ciccilo está com a próstata um pouco maior do que o recomendável. “A partir dos 7 anos de idade, é importante submeter o cão macho não castrado a uma ultrassonografia abdominal anualmente para avaliar o aspecto da próstata e também os testículos”, explica a médica veterinária. Como Ciccilo não é castrado, a recomendação de Sylvia foi a castração em até 3 meses para evitar problemas mais graves.

“É mais tranquilo optar pela castração antes de aparecer algum problema”, avisa a veterinária Sylvia Angélico

O PROBLEMA diagnosticado em Ciccilo é o transtorno mais frequente em cães não-castrados, a chamada hiperplasia prostática benigna (HPB), o aumento da próstata. “É tão comum que especialistas citam que 100% dos cães não-castrados idosos apresentam essa condição”, alerta Sylvia. Segundo a veterinária, a próstata aumenta de tamanho sob estímulo dos andrógenos, os hormônios sexuais masculinos. Com o passar da idade, pequenos desbalanços ocorrem na função hormonal sexual dos machos e acredita-se que essa seja a causa por trás do aumento da próstata. “É importante frisar que no caso do HPB, esse aumento não se deve a câncer, como ocorre frequentemente no homem”, diz Sylvia.

QUANDO a médica veterinária recomendou a castração para Ciccilo, fiquei um pouco preocupada porque ele já está na fase madura da vida. Mas Sylvia Angélico me garantiu que a castração, principalmente do cão macho, é um procedimento cirúrgico em geral muito tranquilo, seguro e rápido, com excelente recuperação pós-cirúrgica. “É muito mais tranquilo optar pela castração calmamente, antes de aparecer algum problema, do que depois que o problema já apareceu”, salienta.

NO PRÓXIMO post publicado aqui no CaninaBlog você vai aprender com a médica veterinária Sylvia Angélico qual é a função da próstata e como descobrir se seu cão macho tem algum problema de saúde. Fique ligado!

Nós testamos o atendimento do Provet

Doenças sexualmente transmissíveis em cães

Gustavo Campelo: Tudo sobre gravidez psicológica

“Sem política pública de castração estamos enxugando gelo”

Read Full Post »

Projeto já patrocinou aproximadamente mil castrações em sete mutirões

AGENDA | O CALENDÁRIO Celebridade Vira-Lata está em sua terceira edição e tem 100% da renda revertida para a causa com o objetivo de apoiar a adoção, promover obras sociais, atuar na inclusão social de SRDs (Sem Raça Definida) incentivando os cuidados com esses animais além de ajudar diretamente no patrocínio de castrações coletivas de cães e gatos.

QUEM já adquiriu ou apóia o calendário agora terá a oportunidade de participar de uma exposição que acontecerá no Conjunto Nacional, ponto tradicional da Avenida Paulista, de 9 a 21 de janeiro deste ano. A exposição traz 12 painéis com fotos e histórias inéditas de cães abandonados que foram resgatados e hoje possuem uma vida digna nesse ano produzidas voluntariamente pelo renomado fotógrafo internacional Lionel Falcon, especializadoem animais. Também fazem parte da exposição imagens de mutirões de castrações e explicações sobre a sua importância.

Exposição traz 12 paineis com fotos e histórias inéditas de cães abandonados

Expo Celebridade Vira-Lata

Data: de 09 a 21 de janeiro de 2012
Horário: das 10 às 22 horas
Local: Conjunto Nacional
End.: Av. Paulista, 2073 – Térreo – SP

GOSTARIA de adquirir um calendário Celebridade Vira-Lata ou quer saber mais sobre o projeto? Então clique no primeiro link abaixo:

O presente que vale uma boa ação

Opinião: Cães de raça versus vira-latas

Read Full Post »

Quando o adestramento envolve obediência não faz diferença se o cão é castrado

EXCLUSIVO | MEU FOX Terrier Pelo é um dominador. Ele tenta montar em cadelas e machos e por isso acaba se metendo em muitas encrencas quando encontra outros cachorros.

“É COMUM encontrarmos cães montando nos próprios donos, visitas, objetos como almofadas e brinquedos. Até mesmo machos montando em machos e fêmeas em outras fêmeas”, comenta o especialista em comportamento canino Gustavo Campelo. Mas nenhum desses casos citados acima têm alguma relação com sua sexualidade. Trata-se de uma forma de demonstrar dominação e liderança. Afinal, entre os cães a reprodução é um privilégio para os líderes.

CASTRADO ou não

A SEXUALIDADE pode influenciar outras áreas da vida canina, como o adestramento. “Em um treino de proteção, como de cães de guarda, percebo uma dificuldade ao trabalhar com o instinto de guarda territorial em machos castrados”, explica Campelo. No entanto, isso não significa que o cão castrado não aprenderá a ser um bom cão de guarda. “Mas a velocidade desse treino é mais lenta em machos castrados.”

QUANDO o adestramento envolve treino e obediência não faz diferença alguma. “Cães castrados ou não, fêmea ou macho, aprendem na mesma velocidade e facilidade”, afirma o adestrador.

LEIA também no CaninaBlog:

Read Full Post »

Cerca de 30 dias após a aplicação os cães machos perdem a capacidade reprodutiva

EXCLUSIVO | A CASTRAÇÃO dos cachorros ainda é um tabu no Brasil. Embora existam várias campanhas pelo País em prol das vantagens da esterilização, muitas pessoas ainda resistem à ideia da cirurgia. Além disso, o procedimento é caro para o bolso de muitos donos.

A CHEGADA da castração química ao Brasil pode ser uma chance para se mudar essa realidade – pelo menos entre os cães machos. Novidade no mercado brasileiro, o Infertile é um medicamento que possibilita transformar um procedimento cirúrgico em um ambulatorial. “O procedimento é muito rápido, leva menos de dois minutos e os cães são liberados logo após a aplicação, sem a necessidade dos cuidados típicos de um pós-cirúrgico”, explica o médico veterinário Ricardo Lucas, sócio-diretor da Rhobifarma, empresa fabricante do Infertile.

HÁ AINDA a vantagem financeira do produto que custa cerca de 70% menos do que a castração cirúrgica, ou seja, em média R$ 25. Outro ponto interessante da castração química de cães machos é o fato de manter a estrutura anatômica, já que os testículos não são retirados. “Cerca de 30 dias após a aplicação do produto os cães perdem definitivamente a capacidade reprodutiva. Além disso, o Infertile também provoca mudanças de comportamento, diminuindo substancialmente a libido”, afirma o veterinário.

CONVERSAMOS com o médico veterinário Ricardo Lucas sobre a castração química e tiramos algumas dúvidas sobre essa novidade. Confira:

CANINABLOG: Com que idade um cão macho pode ser esterilizado?

Ricardo Lucas: A partir dos três ou quatro meses de idade os cães já podem receber o Infertile, desde que já apresentem os testículos dentro da bolsa escrotal. A partir dessa fase, animais de qualquer idade.

CANINABLOG: Muitos animais castrados por cirurgia acabam engordando. Isso também pode ocorrer?

Ricardo Lucas: Pelo contrário, o acompanhamento dos cães que realizaram castração química mostra que uma das vantagens do método é a de não levar o animal á obesidade. A ação do produto diminui a produção de testosterona pelos testículos, sem a cessar completamente. Essa produção mais baixa tem efeito sobre a libido dos animais (que diminui) e é suficiente para evitar o transtorno da obesidade.

CANINABLOG: Qualquer veterinário pode realizar esse procedimento?

Ricardo Lucas: Desde que seguido o protocolo de aplicação, qualquer veterinário pode esterilizar quimicamente um cão. Além disso, oferecemos um treinamento a todos os compradores. No caso de CCZs, onde são comprados volumes maiores, é enviado um técnico para fazer o treinamento pessoalmente.

CANINABLOG: Há algum caso em que a castração química não é indicada?

Ricardo Lucas: Somente em casos de criptorquidismo (também conhecido como ‘testículo escondido’), orquite (inflamação) severa e lesões de pele no escroto.

INTERESSADO no assunto? Então não deixe de ler os posts abaixo:

Projeto de esterilização canina é aprovado

Benefícios e malefícios da castração

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: