Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘criança’

VÍDEO | CACHORROS e crianças são como ímãs. Seja na vida real, televisão ou cinema, eles roubam a atenção de qualquer pessoa em qualquer situação. Talvez por isso a nova propaganda da empresa de telefonia Claro rouba tanta atenção entre os vários comerciais da campanha “A emoção de se divertir é instantânea”.

BASTA clicar na imagem de abertura deste post para assistir o vídeo batizado de “A emoção de se divertir com um amigo é instantânea” que mostra um bebezinho sentado no chão dando risadas super gostosas do cachorrinho que estoura as bolhas de sabão que voam pela sala. O vídeo já teve mais de 150 mil visualizações no YouTube da Claro e mais de 6 milhões na versão original (clique aqui para assistir o vídeo na íntegra).

SE VOCÊ ainda não assistiu ao comercial da Claro (ou quer um curtir novamente), não deixe de clicar na imagem de abertura, assistir e se divertir.

VEJA no CaninaBlog mais propagandas em que o cachorro é a estrela principal:

Propaganda: História de Sofia emociona o sul do Brasil

Propaganda mostra fidelidade canina além da morte

Conheça Jerry, o astro da propaganda do Jetta

Os bastidores das propagandas com cachorros

Anúncios

Read Full Post »

A guarda responsável de animais deve ser ensinada em casa e na escola

EXCLUSIVO | UMA CRIANÇA ganha um cachorrinho como presente de aniversário. No início, tudo é felicidade, até que os pais percebem que o filho puxa a orelha e arrasta o bichinho pelo pescoço. Brincadeira criança? Talvez não. A verdade é que esse comportamento na infância pode ser um indício de algum problema psicológico ou comportamental. O FBI, órgão federal de investigação dos EUA, afirma que 80% dos assassinos em série iniciaram sua psicopatologia já na infância, matando ou torturando animais.

A FALTA de conhecimento de pais e educadores sobre o assunto, geralmente, acaba escondendo problemas muito graves, mas que ainda teriam solução. “Como não recebem educação ambiental e nem tratamento psicológico na infância e na juventude, passam a cometer estes atos de barbarismo contra seres humanos também na idade adulta”, conclui o presidente da ONG Pense Bicho e secretário do Conselho Municipal de Proteção aos Animais (Comupa) de Curitiba, Aurélio Munhoz.

“Uma criança que não aprende a respeitar os animais reproduzirá este comportamento pela vida toda”, afirma Aurélio Munhoz da ONG Pense Bicho

PROJETO de educação

PARA combater este problema, a ONG Pense Bicho tem trabalhado desde 1998 no Paraná com o objetivo de educar e sensibilizar crianças e também adultos para os cuidados com os animais de estimação. A última novidade é uma peça teatral chamada de “Bicho não é Lixo”, da autora e presidente de honra da ONG Karin Birckholz, que ensina e dá dicas de como cuidar melhor dos animais de estimação, com foco na conscientização para a guarda responsável desses animais.

MAS o presidente da ONG Pense Bicho, Aurélio Munhoz, quer mais. Sua ambição é de incluir a educação ambiental na grade curricular dos alunos da rede municipal de ensino de Curitiba e, quiçá, do Brasil. “Uma pessoa que não aprende a respeitar a natureza e os animais já na infância  reproduzirá este comportamento, muito provavelmente, pela vida toda”, insiste. Segundo Munhoz, os problemas dos maus tratos aos animais e de destruição da natureza não são motivados apenas pelo interesse econômico de quem lucra com a venda ou exploração da fauna e da flora, mas também pela cultura de desrespeito que ainda predomina na sociedade.

ONG criou uma peça de teatro com o objetivo de educar crianças e também adultos para os cuidados com os animais de estimação

ENQUANTO O sonho da ONG Pense Bicho não se realiza, Munhoz afirma que é possível que pais eduquem seus filhos dentro de casa. “Ao tratar animais domésticos com respeito, dentro e fora de casa, e ao estimular a adoção de cães e gatos abandonados, os pais já estarão inserindo essa consciência ambiental”, afirma o esperançoso presidente da ONG Pense Bicho.

DICA extra: Outra organização que tem trabalhado na conscientização de crianças nas escolas é o Instituto Nina Rosa (INR). A organização criou um material didático, composto de um DVD e material impresso, que mostra a história de Fulaninho, o cão que ninguém queria (clique na imagem abaixo para assistir). O vídeo tem sido adotado por Secretarias de Saúde de vários municípios para complementar a educação dos alunos.

Read Full Post »

Rex Pum Pum é um lançamento da Grow, indicado para crianças de 4 até 8 anos

EXCLUSIVO | UMA das datas mais aguardadas pelos pequenos está chegando. E para comemorar o Dia das Crianças, a fabricante de brinquedos Grow e o CaninaBlog se uniram para presentear um dos nossos leitores e seguidores.

O PRÊMIO não podia ser mais divertido e cachorreiro, trata-se do Rex Pum Pum da Grow. O brinquedo é no formato de um cachorro que adora comer, soltar “pum” e também objetos mais sólidos. O brinquedo ensina as crianças aquilo que todo adulto deveria saber: tem que recolher a cáca do seu cachorro na rua.

COMO participar

PARA concorrer a um (1) Rex Pum Pum da Grow é muito fácil. Basta curtir e deixar um depoimento neste post ou no Facebook do CaninaBlog contando alguma pequena, mas emocionante história da sua infância em que um cachorro teve papel fundamental. O depoimento mais bonito ou emocionante levará para casa um Rex Pum Pum.

VOCÊ tem até o dia 13 de outubro de 2011 para contar sua história. Então não esqueça: dê um curtir neste post, escreva sua história infantil mais emocionante e aguarde. Quem sabe não será você que levará o Rex Pum Pum para casa ou para presentear uma criança carente? No dia 14 de outubro você saberá o resultado desta promoção.

VEJA também no CaninaBlog:

Dia das Crianças: Brinquedo ensina a recolher cáca

Brinquedos que divertem e ensinam a cachorrada

Read Full Post »

Festa em hotel pet promete divertir cães e crianças

AGENDA | QUE tal unir em um único lugar algumas das coisas mais gostosas do mundo? Esta é a ideia da festa planejada pelo Pet Hotel Dog Life, localizado na região da Penha, em São Paulo, para comemorar o Dia das Crianças.

A FESTA, que acontece no próximo dia 08 de outubro, promete reunir crianças, artistas circenses, escultor de bexigas e ainda o concurso “O Cão Mais Fashion”. Sendo que 30 crianças carentes do Projeto CCA (Centro para Crianças e Adolescentes), da Igreja Bom Jesus do Cangaíba, serão convidadas especiais, e no dia poderão brincar e se divertir com os cães hospedados no hotel. “Como as crianças têm naturalmente um carinho especial pelos cães, temos certeza de que será um dia especial e divertido para todas elas”, explica Renata Gomes Pereira, proprietária do Pet Hotel Dog Life.

TEM palhaçada? Tem sim senhor

A ATRAÇÃO mais aguardada deve ser a apresentação de animais adestrados do grupo Show Tradição. Os integrantes de uma conhecida família circense mostrarão toda a habilidade dos 13 cães ao longo do espetáculo. “Teremos ainda a apresentação de um equilibrista com perna de pau e em um monociclo, um artista que faz esculturas com bexigas e um monitor que fará gincanas com as crianças”, completa o proprietário.

PARA matar a fome da garotada e da cachorrada, carrinhos de pipoca e algodão doce para os humanos e, para os totós, barraquinhas de petiscos especiais. “Todos os quitutes terão um preço simbólico, já que o grande objetivo do evento é a diversão de todos os presentes”, finaliza João Carlos.

DIA das Crianças Pet

DATA: 08 de outubro (sábado)

HORÁRIO: das 14h às 18h

LOCAL: Pet Hotel Dog Life – Av. Amador Bueno da Veiga, 4.800. Penha, São Paulo (SP)

ENTRADA: um quilo de ração, cujo total será revertido para a Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis (APASFA), e um brinquedo novo, de qualquer valor, que será doado às crianças no próximo Natal.

Read Full Post »

Para cada tipo de criança e família existem raças mais convenientes

EXCLUSIVO | É MUITO comum ouvir pais dizendo: “meus filhos querem muito um cachorrinho, mas não sei o que fazer”. A indecisão é motivada por várias razões, como a falta de tempo para cuidar do bicho, o medo de que seja agressivo com as crianças e até mesmo a dificuldade de escolher a raça mais adequada.

TODAS estes questionamentos são saudáveis e devem ser feitos antes de qualquer decisão. Afinal, um bicho é uma vida que depende de você por anos e anos. Entretanto, só quem conviveu com um cachorro na infância sabe os benefícios desta relação. “Alguns conceitos são muito difíceis de explicar para uma criança. Os cães podem tornar essa tarefa muito mais fácil”, argumenta o especialista em comportamento animal Gustavo Campelo.

A SIMPLES convivência com um cão pode ensinar, por exemplo, a criança a ter a noção de responsabilidade. “O compromisso de ter que levar para passear, dar comida e escovar o pêlo são incorporadas no dia a dia de maneira muito rápida e sem conflito. Além disso, é comprovado que crianças com animais de estimação brigam menos com os colegas na escola, têm menos tendência de desenvolver alergias e vão melhor nos estudos”, afirma Campelo.

QUE os cachorros podem contribuir com a educação das crianças, disso não há dúvida. Mas será que chegou o momento de seus filhos conviverem com o melhor amigo do homem? Tire suas dúvidas com o adestrador Gustavo Campelo.

Crianças com animais de estimação brigam menos com os colegas

QUE aspectos eu devo avaliar antes de levar o cachorro para casa?

O PRIMEIRO a ser avaliado é se as crianças realmente vão ajudar na criação e educação deste animal ou se é apenas uma vontade de momento e que passa com o tempo. Na minha opinião, as crianças têm todo o direito de querer ter animais de estimação, mas aos pais cabe o dever de cobrar certas regras. É uma ótima oportunidade de ensinar e fortalecer responsabilidades e valores.

HÁ raças mais indicadas para crianças?

PARA cada tipo de criança e família existem raças mais convenientes. Para saber quais são as recomendadas, é preciso analisar espaço físico, condições financeiras, rotinas e perfil familiar. Tanto cães pequenos como grandes podem ser indicados, depende muito das características da criança e da família.

QUE cuidados tomar com crianças pequenas e cães?

CACHORROS e crianças pequenas nunca devem ficar juntos sem supervisão. É sempre indicado que tenha um adulto por perto. Somente quando a criança aprender o que não deve ser feito com os cães – como mexer na comida deles, colocar a mão na boca e bater – é que cães e crianças podem conviver livremente.

LEIA também no CaninaBlog:

Cachorros e bebês: Preparação e chegada do novo filhote

Vídeo: Babás quase perfeitas

Gustavo Campelo: Meu cão é descuidado com crianças

Read Full Post »

Ciccilo curtindo a amizade com uma das minhas sobrinhas mais novas

EXCLUSIVO | TENHO nada menos que 9 sobrinhos e a décima já está a caminho. Tanta criança, entretanto, não parecia deixar meu cachorro Ciccilo mais cuidadoso com os pequenos. Nunca esqueço do dia que ele derrubou (quase em slowmotion) o filho de um amigo da família de apenas 3 anos. Que vergonha!

MAS há esperança para Ciccilo. Pelo que parece a idade tem deixado meu Fox Terrier Pêlo Duro um pouco mais tranquilo com meus sobrinhos – ele já alcançou os 8 aninhos.

NESTAS pequenas férias ele se tornou a atração entre as crianças mais novas da família que têm idades entre 7 e 12 anos. Como um bom menino adestrado, ele sentou, deitou, rolou, esperou e até “rezou” sob as ordens dos meus sobrinhos e quando ganhava, é claro, um belo petisco. Nestas férias… Ciccilo deu um pequeno show de adestramento!

SEU cachorro também é um “brutamontes” com as crianças? Então não deixe de conferir os posts abaixo.

Gustavo Campelo: Meu cão é descuidado com crianças

Atenção criançada: rosnado não é sorriso

Read Full Post »

É importante que as crianças aprendam a ter uma ideia de como é o ponto de vista do cachorro

QUE CRIANÇA não fica encantada com um cachorro? Um levantamento realizado na Grã-Bretanha, entretanto, aponta que quase metade das crianças serão mordidas por cachorros até os 7 anos. A principal razão para esse problema é que os pequenos não sabem interpretar as reações dos cães – além de não terem muita noção de perigo nessa fase da vida. É neste momento que os traumas infantis com cães deixam marcas pela vida toda.

SEGUNDO o mesmo levantamento, a interpretação equivocada do comportamento acontece porque a criança foca sua atenção principalmente na boca e nos dentes do cachorro. E quando o bicho rosna e mostra os dentes, a criança entende como um sorriso. O perigo aumenta quando a criança tem menos de 5 anos e, por causa da sua estatura, chega mais perto do animal. A ação torna os pequenos vulneráveis a mordidas no rosto e pescoço.

PARA tentar diminuir esses problemas, a Universidade de Lincoln desenvolveu um DVD interativo, batizado de Blue Dog (algo como “cão azul”), com o objetivo de ensinar crianças com 3 até 6 anos a entender as reações dos cachorros e identificar possíveis perigos. Infelizmente, o DVD ainda não está disponível no Brasil. (Fonte: Veja.com)

LEIA outros posts sobre crianças e cachorros aqui no CaninaBlog:

Gustavo Campelo: Meu cão é descuidado com crianças

Vídeo: Babás quase perfeitas

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: