Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘farejador’

Evan agora pode viver uma vida normal ao lado da cadela Mindy

MUNDO | O NOBEL da Literatura em 2006, o escritor turco Orham Pamuk, disse certa vez que “certos livros dão a chave para mudar o mundo”. Essa frase exemplifica bem a história de Evan Moss, um menino que, ainda um bebê, foi diagnosticado com esclerose tuberosa e epilepsia. A doença é severa e já causou muitos problemas para este menino americano.

PARA se ter uma ideia, quando tinha apenas 4 anos, Evan tinha de 300 a 400 ataques de epilepsia por mês. Mesmo uma cirurgia para combater as convulsões só livrou Evan do problema por algum tempo. As crises surgem do nada e, muitas vezes, enquanto ele dorme, o que não ajuda os pais de Evan a saber quando medicar ou proteger o menino de quedas e acidentes.

Livro escrito e ilustrado por Evan já arrecadou mais de US$ 45 mil

AS EXPECTATIVAS em relação a vida do menino eram muito negativas, até que os pais de Evan descobrirem que certos cães possuem um faro excepcional capaz de  detectar mudanças químicas que ocorrem em uma pessoa antes do início de uma convulsão, e podem ser treinados para alertar o paciente e as pessoas ao seu redor a tomar medidas de proteção. Mas a solução também tinha um grande problema: cães farejadores custam cerca de US$ 13.000, cerca de R$ 26 mil, valor que uma família com quatro filhos nunca conseguiria reunir.

A GRANDE ideia

FOI diante deste desafio que o menino Evan teve uma ideia infantil: escrever um livro com ilustrações sobre a vida que ele e seu cão útil poderiam viver juntos. Com a venda do livro, Evan imaginou que poderia pagar pelo cãozinho farejador. Com receio de brecar a esperança do filho, os pais de Evan utilizaram a plataforma de auto-publicação do site Amazon, maior vendedor online do mundo, e começaram a vender o livro.

Livro pode ser comprado pelo site da Amazon

A HISTÓRIA de Evan ganhou uma visibilidade incrível na internet e, após um ano, e diversas sessões de autógrafos, o livro “My Seizure Dog” arrecadou mais de U$ 45 mil. Muito mais do que Evan precisava para adquirir seu cão farejador. Por isso mesmo, agora Evan tem doado os recursos extras para outras crianças com epilepsia.

O CACHORRO

MAS e o cachorro farejador? Mindy, uma mistura de Poodle e Golden Retriver, já está vivendo com Evan e logo se tornou sua melhor amiga. Quando o menino começa a ter uma convulsão, Mindy corre para o quarto dos pais e lambe sem parar suas mãos. Este é o aviso de que chegou de deixar o menino em um local seguro. Com Mindy ao seu lado, Evan agora pode assistir às aulas da terceira série e dormir na sua própria cama. Coisas comuns para todo menino da na sua idade, mas um sonho até então impossível para o pequeno Evan.

LEIA também no CaninaBlog:

“Cães especiais se adaptam mais rápido que os donos”

A história de quem tem num cão o melhor amigo

Anúncios

Read Full Post »

Amon já encontrou seis corpos entre os escombros (Imagem:Luis Pinheiro)

TERRA | AMON é um cão da raça boiadeiro australiano, tem três anos e um talento especial: encontrar vítimas em escombros. Treinado pela ONG Cães de Resgate, o cachorro encontrou entre a última quinta-feira e sábado nada menos que seis corpos em Petrópolis, uma das cinco cidades que foram atingidas pelas fortes chuvas e desabamentos na região serrana do Rio de Janeiro.

O CÃO não é o único a trabalhar no resgate de vítimas, mas ainda são poucos animais diante de tantas mortes. “Se tivéssemos mais cães treinados, com certeza diminuiríamos o tempo de busca”, afirma Marcelo Coruso, coordenador da ONG Cães de Resgate.

SEMPRE ao lado de Marcelo, que carrega um aroma de secreções corporais, o cachorro sai em busca de vítimas em uma área de aproximadamente 15 km². Quando encontra, Amon chama a atenção de Marcelo e começa a cavar o local indicado. Para o coordenador de Socorro da Cruz Vermelha, Richard Strauss, sem a ajuda dos cães, o trabalho humano seria muito mais complicado.

(Fonte: Terra)

LEIA também no CaninaBlog:

Cão Boiadeiro: Rústico, mas sem perder a doçura

Enchentes podem aumentar casos de Leptospirose

Cães farejadores procuram vítimas em Alagoas

Read Full Post »

Cadela Laila participará de seu primeiro trabalho como farejadora em Alagoas (Foto: Glauco Araújo)

OS EXPERIENTES cães da raça Labrador, Brasa e Black, trabalharão em conjunto com os dois cães iniciantes, a também Labradora Laila e o Pastor Alemão Danka, na localização das vítimas da chuva no estado de Alagoas. Cerca de 600 pessoas estão desaparecidas nas 27 cidades atingidas pelas chuvas no estado, que mais parecem vítimas de uma tsunami. Até esta manhã, os bombeiros haviam confirmado a morte de 29 pessoas em Alagoas.

A CADELA Brasa já participou do resgate de vítimas no Morro do Baú, na região de Ilhota, em Santa Catarina, em 2008. Já Black participou de operações de resgate em Sergipe, mas agora fará sua estreia em uma operação dessa dimensão. Segundo o coordenador do canil do Corpo de Bombeiros de Aracaju, de onde os dois cães foram enviados, o objetivo é encontrar corpo de vítimas e pessoas vivas.

CONFIRA a reportagem completa do portal G1, clicando aqui.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: