Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Globo’

Com a ajuda de Boris, Thays conquistou a liberdade de circular com cães-guia

EXCLUSIVO | QUEM passa pela advogada Thays Martinez e seu cão Diesel no metrô ou pela Avenida Paulista em São Paulo não tem ideia de quanto isso significa uma grande vitória. Deficiente visual, Thays ainda era uma criança quando ouviu falar pela primeira vez em cão-guia, mas desde então decidiu que um dia teria o seu próprio cão. Mas foi na adolescência, quando ansiava por independência, que essa busca se tornou mais efetiva.

A LUTA para conseguir um cão-guia, que se tornou realidade somente aos 26 anos, até então parecia ser sua maior batalha na vida. Infelizmente, não foi. Todos os seus conhecimentos como advogada foram testados quando Thays foi impedida de entrar no metrô e em locais públicos com seu primeiro cão-guia, Boris. Foi assim que ela se tornou o rosto e a maior defensora dos milhões de deficientes visuais brasileiros que lutavam pela igualdade de direitos e o livre acesso de seus cães. “Sinto-me feliz ao saber que contribui para essa mudança; e mais satisfeita ainda por ter sido essa minha ação uma prova de que somos capazes de ajudar a transformar a sociedade em que vivemos”, afirma Thays, personagem principal do livro “Minha vida com Boris”, lançado este ano pela editora Globo.

Livro conta a história de Thays e Boris e vale R$ 24,90

A ADVOGADA e palestrante Thays Martinez falou com exclusividade para o CaninaBlog. Confira abaixo as principais partes dessa conversa:

CANINABLOG: Como você descreve a relação com seus cães-guia?

Thays Martinez: Costumo dizer que minha busca por um cão-guia foi o típico caso de unir o útil ao agradável. Sempre fui apaixonada por cães e recebi Boris quando eu tinha 26 anos, em abril de 2000, e foi uma das melhores coisas da minha vida. Boris me ensinou muitas coisas, tanto que digo que divido minha vida em AB e DB, antes e depois do Boris. Primeiramente, ele me ensinou que não existem limites para quem acredita em seus sonhos. Ele me ensinou a valorizar não apenas as grandes realizações da vida, mas as pequenas alegrias do dia a dia. Com ele, aprendi a importância de se apontar sempre, por mais repetitivo que seja, os acertos de alguém – e ficar feliz por entregar o merecido reconhecimento.

CANINABLOG: E como foi a adaptação com seu segundo cão Diesel?

Thays Martinez: O início de minha relação com Diesel foi bem complicada porque ele era um cão bastante diferente de Boris. Estava adaptada ao Boris a ponto de sabermos os pensamentos e sentimentos um do outro e não aceitava ter de deixar a parceria maravilhosa com Boris e construir uma nova com Diesel. Depois de um intenso trabalho de autoconhecimento, consegui desenvolver uma relação excelente com Diesel. Hoje temos um vínculo muito sólido, formamos um time de sucesso, porque aprendemos a nos conhecer e a nos respeitar. E diria mais, minha parceria com o Diesel é fruto do quanto aprendi em minha relação com Boris. A segurança que o Boris me transmitiu me fez estar pronta para receber o Diesel – que precisa de meu suporte para revelar todo seu potencial. Ele é um cão encantador e traz muita alegria à minha vida.

Thays na companhia de Boris (deitado) e Diesel, primeiro e segundo cão-guia

CANINABLOG: Um cão pode auxiliar pessoas com outras deficiências?

Thays Martinez: Tenho notícia de muitos outros trabalhos maravilhosos desenvolvidos por cães em todo o mundo para ajudar pessoas com outros tipos de deficiência. Tem uma história emocionante de um cão que prestava assistência a uma mulher com deficiência auditiva. Ele a avisava sobre sons que ela não podia ouvir como, por exemplo, o toque da campainha e do telefone. Certo dia, ela estava dentro de casa e o cão foi desesperado chamá-la e a levou até a piscina onde a filhinha dela estava se afogando. Além disso, existem cães treinados para ajudar a entregar e receber coisas no balcão, abrir portas e pegar coisas no chão ou na mochila. Há também cães treinados para acompanhar pessoas com epilepsia. Parece que eles conseguem detectar a proximidade de uma crise e avisam a pessoa para que ela possa se colocar em segurança.

CANINABLOG: Muitos cães hoje são tratados como um filho pelo dono. Qual é a sua opinião a respeito disso?

Eu, particularmente, não trato os meus cães como filhos. Considero que são grandes amigos com a qual desenvolvemos uma relação peculiar que não se confunde com nenhuma outra. Acredito que eles fazem parte da família sim, mas devemos tomar cuidado para não querermos que ocupem um papel que não é deles. Penso que respeitá-los como cães, compreendendo a sua natureza e necessidades, é o único caminho para construirmos uma relação saudável com eles, tornando-os felizes.

LEIA também no CaninaBlog:

Programa Cão-Guia de SP gera polêmica

“Falta recurso financeiro para treinar cão-guia no Brasil”

Gustavo Campelo: Como ajudar um cão cego

Um cão-guia para cada 23 mil deficientes visuais

Anúncios

Read Full Post »

EXCLUSIVO | SERIA mais um cachorrinho perdido em uma grande cidade se não fosse a boa vontade de uma menina e milhares de amigos da internet. Este caso verídico inspirou a nova campanha do Google Chrome no Brasil que foi lançada em rede nacional ontem a noite (20) no horário nobre da rede Globo.

CRIADA pela agência Neogama/BBH, a campanha mostra o caso real de um cão perdido na cidade de São Paulo que foi encontrado por uma menina. Com a ajuda de um grupo de jovens que trabalham em uma agência especializada em internet, a Bumaiê, batizaram o cão perdido provisoriamente de Boeing e decidiram criar um blog em busca dos verdadeiros donos do animal, o www.cademeudono.com.br.

COM mais de 15 mil acessos no YouTube e comentários nas redes sociais, o cachorrinho encontrou seu dono graças à uma marquinha de nascença no rabo e voltou a ser chamado pelo seu verdadeiro nome: Guga. Para a agência Neogama/BBH, esta história reforça o princípio de que o potencial da internet depende de como ele é explorado pelo usuário. Quem já utiliza a internet para fazer o bem aos cachorros fracos e desamparados sabe muito bem o que isto significa. Para assistir a propaganda, basta clicar na imagem de abertura.

VEJA também no CaninaBlog:

O cachorrão da propaganda do Bob’s

Vídeo: Será que cachorro gosta de sapatos?

Conheça Jerry, o astro da propaganda do Jetta

Read Full Post »

Saquinhos se decompõem sem deixar resíduos nocivos ao meio ambiente

EXCLUSIVO | SACOLAS plásticas estão com os dias contados. Agora a onda verde é usar as sacolas ecológicas feitas de tecido e que podem ser usadas diversas vezes. Uma das primeiras cidades brasileiras a dar fim às milhões de sacolas usadas diariamente no Brasil é São Paulo. A cidade sancionou uma lei que determina que, a partir de janeiro de 2012, está proibida a distribuição de sacolas plásticas por estabelecimentos comerciais.

SUPERMERCADOS, petshops, lojas, todos têm até o fim deste ano para se adequarem às novas exigências. Mas surge um novo problema: como milhares de donos de cachorro recolherão o cocô nas ruas da cidade? Afinal, atualmente, as sacolinhas são o principal material usado para este fim.

VÁRIOS condomínios da cidade de São Paulo já se anteciparam e se adaptaram à nova lei. Eles contam com o Acacabou, um dispenser que permite a retirada de saquinhos oxibiodegradáveis, que se decompõem sem deixar resíduos nocivos ao meio ambiente.

O PRODUTO foi lançado pela Wesco no início deste ano e tem sido instalado nos condomínios próximo aos elevadores ou portaria, justamente para facilitar a retirada dos saquinhos pelos moradores que saem para passear com os pets. “O Acacabou é uma alternativa prática e sustentável não só para os donos de cães, mas para todos os moradores do condomínio e do bairro, que poderão caminhar por ruas limpas, sem moscas e com menos enchentes, uma vez que nossos saquinhos não entopem bueiros por se degradarem em um curto espaço de tempo”, explica diretor comercial da Wesco, Wesley Garcia Gomes.

O ACACABOU também é vendido pela Wesco para o consumidor final, ou seja, o dono do pet. O dispenser custa R$ 170 e vem com 500 saquinhos. Ao término dos saquinhos, o dono pode solicitar a reposição, sendo que o pacote com 1 mil sai por R$ 95. No vídeo abaixo você pode conferir o Acacabou sendo testado pela apresentadora Ana Maria Braga no programa Mais Você, exibido pela rede Globo.

CONFIRA também no CaninaBlog:

Pelo bem de todos: sorria e recolha a cáca do seu cachorro

Nós testamos o Poop Dog

Para recolher a cáca com bom humor

Testamos o catador de cocô da Dog’s Care

Read Full Post »

 

Dona Ilair ganhou uma nova casa e um filhote canino do apresentador Luciano Huck

 EXCLUSIVO  | A IMAGEM de uma mulher sendo resgatada por vizinhos com a ajuda de uma corda marcou a memória de quem acompanhou toda a tragédia que se abateu sobre a região serrana do Rio de Janeiro no mês de janeiro deste ano. Quem conseguirá esquecer da mulher cercada por lama e água tentando resgatar seu cachorro, Bethoven, que se soltou de suas mãos um pouco antes de ser salva?

ESSA HISTÓRIA tão triste começou a mudar neste fim de semana com a ajuda do programa de televisão Caldeirão do Huck, exibido na rede Globo. O Lar Doce Lar deu uma nova casa para Ilair e seus dois filhos, Alessandro e Sandro. No entanto, enquanto conhecia seu novo lar, a Dona Ilair não deixou de lembrar do cachorro que não sobreviveu à tragédia e, em meio ao choro sincero, soltou: “Ele podia estar aproveitando dessa casa, mas o coitadinho não está mais aqui.”

NA INTENÇÃO de ajudar Dona Ilair a sobreviver a esse trauma e ajudar dezenas de cães vítimas da tragédia, o apresentador Luciano Huck presenteou a moradora com uma cãozinho resgatado pelo SOS Animais de São José. Contente, Dona Ilair e os filhos já deram um nome ao bicho, Bolinha, que também ganhou uma casinha caprichada do Lar Doce Lar.

PARA assistir essa história, clique na imagem de abertura. Se você deseja adotar um cãozinho vítima da tragédia na região serrana do Rio de Janeiro, clique aqui e confira o trabalho do SOS Animais de São José.

LEIA também no CaninaBlog:

Enchentes podem aumentar casos de Leptospirose

Marcas pet fazem doações para cães vítimas de enchentes

Read Full Post »

EXCLUSIVO | QUEM tem mais de 25 anos não esquece dele e até mesmo acaba chamando a raça Basset pelo seu nome. Estamos falando do cachorrinho da Cofap que divertia as varias propagandas da marca de amortecedores de carro.

O SIMPÁTICO e ágil cachorrinho da raça Basset comecou a aparecer nas campanhas da Cofap há 20 anos. Quem pode esquecer das cenas de sua agilidade nas curvas, enquanto os cachorrões deslizavam pelo piso?

A NOVIDADE é que a marca de amortecedores anunciou a retomada do cachorrinho Basset em grande estilo, com propagandas em horários nobres na rede Globo entre os dias 10 e 15 de abril. Mas o que pode surpreender os fãs desavisados do personagem (positivamente ou negavitamente) é a inovacao tecnológica.

A CAMPANHA continua com o mesmo slogan de 20 anos, “O melhor amigo do cachorro e do dono do cachorro”, já o novo Cofapinho agora é digital. Isso mesmo, o personagem saiu da vida real para o mundo digital e dançará funk, samba e até lutará boxe. Não sei você, mas continuo preferindo o Cofapinho de pele, osso e pelo.

CONFIRA no vídeo acima a nova versão da campanha da Cofap. Já no vídeo abaixo, você pode assistir a reunião de várias propagandas antigas com o Cofapinho. Bom divertimento!

Read Full Post »

CANINABLOG RECOMENDA | O PROGRAMA jornalístico SPTV, exibido na Rede Globo de São Paulo, começou hoje a exibir uma série de reportagens sobre o trabalho dos cachorros policiais. A primeira reportagem mostra a história de cães que se tornaram verdadeiros heróis na cidade e aqueles bichos que ainda atuam por até seis horas diárias protegendo os paulistanos. “O cachorro serve como uma arma não letal”, explica o cabo da Policia Militas, Gilson Alves.

Disciplina rigorosa e muito carinho garantem o treinamento dos cães

OS CACHORROS treinados há 60 anos em uma agradável área de 43.000m2 em São Paulo atuam na proteção do policial, ataque e até na investigação de bombas e drogas, tudo de acordo com a raça e talento de cada bicho. “A presença de um cão equivale como a de quatro policias, ele passa muito respeito”, afirma um dos policiais durante a reportagem.

PARA assistir a primeira reportagem, basta clicar na imagem de abertura. Para conferir a segunda parte da série “Cão Policial”, exibida durante o SPTV primeira edição de terça-feira (09) , clique na imagem abaixo e confira como esses verdadeiros cães heróis são treinados e o que acontece quando atingem a aposentadoria aos oito anos.

Read Full Post »

ELES adoram colocar a cabeça para fora e curtir o vento batendo nas orelhas e pelagem. Esse comportamento tão fofinho, entretanto, pode colocar seu cachorro em risco. Os problemas vão muito além dos acidentes de trânsito causados pela falta do cinto de segurança – que aliás é obrigatório para cães aqui no Brasil.

A VETERINÁRIA Luciana Sih, consultada pelo programa Auto Esporte, da rede Globo, afirma que muito vento pode causar problemas nos olhos dos bichos, como a obstrução do canal lacrimal.

QUER saber mais? Clique aqui ou na imagem de abertura deste post e assista a reportagem completa feita pelo programa Auto Esporte.

LEIA mais posts sobre esse assunto publicados aqui no CaninaBlog:

Nós testamos a capa para carro Protege-Cão

Transporte de animais em carros. Você conhece a lei?

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: