Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Jackline Pinto’

Os cães se apaixonam pelos donos ou ainda por outro companheiro de qualquer sexo

EXCLUSIVO | AH O amor! O dia 12 de junho é especial para os enamorados. Restaurantes estarão lotados neste domingo com casais e suspiros. Buquês e flores em falta nas floriculturas do Brasil inteiro. A culpa disso tudo? Do Cupido.

MAS será que esse sentimento arrebatador também atormenta o coração dos cachorros? Conversamos com a médica veterinária Jackline Pinto, terapeuta floral e autora do livro “Florais para Cães” sobre o assunto, que revela: “Os cães se apaixonam sim, se apegam independente de sexo ou espécie animal. Eles aprendem a conviver e sofrem muito com perdas e separações”.

CONFIRA abaixo a entrevista com a médica veterinária Jackline Pinto sobre a paixão entre os cachorros:

CANINABLOG: Quais são os sintomas da paixão entre os cães?

Jackline Pinto: Normalmente, os sintomas dessa “paixão” estão intimamente ligados ao medo de perda, onde o animal só está feliz se o outro estiver próximo. Sintomas esses semelhantes de nós seres humanos com a pessoa amada.

CANINABLOG: É a mesma paixão que um humano sente pelo outro?

Jackline Pinto: O que difere em relação aos seres humanos são os objetos de “paixão”. Os cães se apaixonam pelos donos, por outro companheiro do mesmo sexo, ou do sexo oposto, por animais de espécies diferentes. É uma paixão ligada à dependência, controle e medo da perda. Diferente de nós, seres humanos, que definimos a paixão como um amor carnal.

CANINABLOG: Qual é o lado positivo e negativo desse sentimento nos cães?

Jackline Pinto: O ideal é o equilíbrio, onde o relacionamento seja sadio respeitando o espaço, o momento e a natureza do outro. Ao meu ver, o tema paixão se trata de um desequilíbrio negativo, pois retrata a dependência e posse sobre o outro. Aliás, os Florais de Bach atuam de forma muito positiva equilibrando essas emoções negativas, fazendo com que o relacionamento seja saudável e muito prazeroso.

SEU cachorro é apaixonado por você? Deixe um depoimento e uma homenagem ao ser que mais te ama nesse mundo: seu cachorro.

LEIA também no CaninaBlog:

“Meu cachorro é muito ciumento”

Gustavo Campelo: Troca de carinho na medida certa

Florais: como eles podem ajudar seu cão?

Read Full Post »

Vários fatores colaboram com o problema, como o confinamento e reserva de energia

EXCLUSIVO| SEU CACHORRO parece que está ligado na tomada 24 horas por dia? Tem dificuldade de concentração e destroi tudo o que encontra pela frente? Seu pet pode sofrer de hiperatividade. Segundo a médica veterinária Jackline Pinto, do blog Florais para  Cães, este desequilíbrio pode ser proveniente de fatores genéticos. “Após uma série de pesquisas foi constatado que algumas raças são mais predispostas a esse tipo de comportamento”, afirma Jackline. De acordo com essa série de pesquisas, a raça com maior predisposição à hiperatividade é o Fox Terrier Pelo Duro e aquela com menor chances de desenvolver o comportamento é o Rotweiller .

MAS há mais fatores que colaboram com a hiperatividade, como o confinamento e a reserva de energia. “O animal não consegue consumir a energia diária necessária de acordo com a sua natureza”, lembra a veterinária. Sendo assim, se seu melhor amigo está estressado, agitado e destruindo tudo, o primeiro passo é aumentar a quantidade de passeio, impor limites e até mesmo introduzir um tratamento com florais de Bach.

UTILIZAÇÃO de florais

UM TRATAMENTO com Florais de Bach tem a intenção de equilibrar o lado emocional deste animal, auxiliando sua concentração, ajudando com que aprenda com mais facilidade e até mesmo diminua essa agitação. “Um floral de Bach utilizado com freqüência nesses casos de hiperatividade é o Vervain, mas não é o único, cada caso deve ser avaliado individualmente por um profissional especializado”, aponta Jackline.

É BOM lembrar que até mesmo o dono do cachorro pode receber um tratamento simultâneo ao do seu cachorro. “Nesse caso, geralmente indico o Floral de Bach Impatiens para equilibrar a paciência.” Mas, cuidado, a diluição dos florais varia de cachorro para humano. “Para os pets são a 10% de veículo alcoólico e deverão tomar assim como o ser humano 4 gotas 4 vezes ao dia.”

CONFIRA abaixo mais duas dicas de tratamento para cães hiperativos da médica veterinária Jackline Pinto:

GASTANDO a energia extra

Estipule pelo menos três passeios por dia de, no mínimo, 30 minutos cada com o animal. Esses passeios deverão ocorrer de uma forma tranqüila, onde o animal deverá sempre andar atrás ou ao seu lado, nunca na frente. Além dos passeios para consumir energia é imprescindível que esse animal tenha coisas que o façam se distrair, como brinquedos, ossos, ou até mesmo outros animais.

MOSTRE quem é o líder

Esse animalzinho necessita de limites e de uma dominância bem ativa e firme. Isso não significa que as punições deverão ser físicas, muito pelo contrário, o animal deverá respeitar o dono e não temê-lo. O proprietário deverá agir de modo firme e com a voz ativa. Outra dica é colocar horários para alimentação do seu cachorro – nesse caso a ração nunca deverá ser deixada á vontade. Você também deverá sempre se alimentar antes do seu animalzinho.

LEIA mais no CaninaBlog:

Terapia Holística: Como ela pode beneficiar seu cão

Terapia Holística: Como ela pode beneficiar seu cão

Meu cachorro fica sozinho em casa

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: