Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Open Bar Canino’

ADOÇÃO | A ORGANIZAÇÃO Mundial da Saúde calcula que só no Brasil existam 20 milhões de cães., sendo que 10% destes cães estão abandonados pelas ruas ou em ONGs. É por essa razão que muitas organizações de proteção animal têm incentivado a castração para impedir a reprodução já descontrolada da população canina. Enquanto isso, ONGs de todo país estão lotadas de cães para adoção.

ASSIM como acontece com os humanos para adoção, é muito mais fácil um filhote ser adotado do que um cão adulto. Mas outras características também atrapalham a adoção, segundo Bruna Mendes, proprietária da empresa OpenPet e idealizadora do projeto Open Bar Canino, que utiliza as redes sociais para promover arrecadações e eventos. “Normalmente, as pessoas têm dificuldade em aceitar a adoção de cães adultos, deficientes e de médio ou grande porte”, explica.

Leo é a estrela da campanha de adoção

Leo é a estrela da campanha de adoção

ESSA constatação ficou ainda mais clara e chocante depois que Bruna e a amiga Luísa Rossi, gestora da empresa T-Mutts e uma das criadoras do projeto Guaipecando, que ajuda animais por meio de campanhas, conheceram o pequeno Leo. As duas ajudam uma ONG onde Leo mora e contam que sempre são recepcionadas por ele com muita festa, sem dar a mínima para sua deficiência física. “Conhecemos a história do Leo e sabemos que ele aguarda adoção há anos, mas por ser ‘especial’, adulto e de porte médio, a probabilidade dele ser adotado é muito menor que a de outros cães

A CRIAÇÃO

FOI assim que surgiu a ideia de fazer um vídeo “Adoção sem preconceito” para promover a adoção de Leo e, ao mesmo tempo, mostrar que ele não é diferente dos outros cães (clique no vídeo na imagem de abertura para assistir). “Por enquanto, o vídeo é uma ação isolada em parceria”, explica Luísa. Mas tanto os projetos quanto as empresas que participaram da produção do vídeo promovem constantemente ações com objetivo de ajudar e conscientizar a respeito da realidade dos animais. “Esperamos logo poder lançar mais alguma ação com o tema ‘adoção sem preconceito”, contam.

LEIA também no CaninaBlog:

Adoção: Cachorro adulto ou filhote?

“Cães especiais se adaptam mais rápido que os donos”

“Adotamos uma cachorra cega e idosa”

Gustavo Campelo: Como ajudar um cão cego

 

Read Full Post »

A jovem Bruna Mendes (esq.) utiliza as redes sociais e festas para arrecadar doações

COMPORTAMENTO | QUE TAL se divertir em uma balada em que a entrada é um pacote de ração? É com esta fórmula que o Open Bar Canino, uma rede informal de ajuda aos animais tem arrecadado doações para diversas ONGs que acolhem cães abandonados. A ideia surgiu há cerca de um ano quando a estudante de Porto Alegre (RS) Bruna Mendes avisou aos convidados da sua festa de aniversário de 19 anos que não queria presentes, mas que todos levassem ração, pois gostaria de fazer uma doação.

Tudo começou quando Bruna pediu ração como presente no seu aniversário de 19 anos

UMA semana depois, aqueles que não puderam comparecer no aniversário pediram para Bruna como poderiam fazer a doação. “Percebi que muitas pessoas não ajudam por não saberem como ou quem ajudar. Assim, tive a ideia de criar um projeto somente para arrecadar ração”, recorda Bruna. Depois de uma conversa com o namorado que é publicitário, surgiu o nome, Open Bar Canino, e em apenas um mês arrecadaram 581 kg de ração. Pouco tempo depois, na segunda edição, mais 837 kg. “Desde então, o projeto é um sucesso”, comemora.

Open Bar Canino arrecada e distribui doações para ONGs de proteção animal

ESTRATÉGIA e público

O PROJETO Open Bar Canino é focado no público entre 17 e 30 anos, por isso mesmo, tem explorado principalmente as redes sociais na hora de divulgar os eventos de arrecadação. “Promovemos encontros de cães em praças, sempre com música e festas onde a entrada até certo horário é ração”, explica Bruna. O projeto, que parecia apenas uma grande ideia, agora conta com áreas de arrecadação em vários pontos de Porto Alegre e virou notícia em jornais e sites. Quer saber mais sobre o Open Bar Canino? Então clique aqui.

LEIA também no CaninaBlog:

Passeio virtual que vale uma doação

Hospitais vet sofrem com a falta de doadores de sangue

Luciano Huck vende camisetas para ajudar cães

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: