Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Pastor Alemão’

Quintal ou dentro de casa, o importante é seu cachorro ter regras e sempre segui-las

EXCLUSIVO | CRESCI com meu pai dizendo: “lugar de cachorro é da soleira da porta pra fora”. A frase, embora pareça dura, nunca teve relação alguma com uma possível falta de carinho pelos nossos cães. Até porque minha irmã e eu vivíamos brincando no quintal na companhia de Toby, nosso Cocker-lata preto. Ao longo dos seus 18 anos, Toby nunca ultrapassou o limite da porta e foi uma cão muito feliz.

QUANDO adotei Ciccilo, meu Fox Terrier Pêlo Duro, tudo mudou. Morando em um apartamento minúsculo em São Paulo, ele me acompanhava em cada cantinho. Entretanto nunca subiu na nossa cama, esse sempre foi o seu limite. Hoje, morando em uma casa, percebo que ele adora minha companhia, mas quando pode, fica sozinho na garagem tomando um solzinho e curtindo o movimento da rua. Para o especialista em comportamento canino Gustavo Campelo, um comportamento super natural. “Os cachorros também precisam de um pouco de tempo sozinhos e aprender a não ser tão dependentes”, afirma.

O ESPECIALISTA lembra, entretanto, que cães são animais que vivem em grupo, por isso é muito importante que tenham companhia humana ou canina. “Mas quem irá decidir se ele pode ou não entrar em casa são os humanos. Cada líder deve estabelecer a regra dentro do seu território.” Segundo Campelo, o segredo é ter consistência para que a regra seja seguida. “Caso deixe o cão para fora, não se esqueça que ele precisa de atenção. E para quem permite que o cão entre em casa, lembre que ele também necessita de um pouco de solidão.”

RAÇAS e comportamentos

MESMO cães chamados de companhia, como Maltês, Poodle e Pug, podem se adaptar bem as regras estabelecidas e a decisão final sempre deverá ser do dono. Assim como cães de segurança, como Pastor Alemão e Doberman, podem viver muito bem dentro de casa. O segredo é o equilíbrio. Cães de companhia não podem viver “grudados” nos donos, e isso serve para o seu próprio bem. Já cães de quintal não podem passar dias na maior solidão.

CÃO de quintal

UM ENGANO muito comum entre pessoas que mantém o cachorro no quintal é a questão do passeio. Não é porque o jardim é imenso e o cão tem um lugar para correr, que ele não precise sair de casa. “Todos os cães, independente da raça ou tamanho, devem passear todos os dias para se exercitar fisicamente. A prática de atividades mentais também é necessária e deve ser diária”, diz Gustavo que ainda avisa que cães gostam de se sentir úteis. Se o seu cachorro vive no quintal, lembre de manter a higiene do local, além de oferecer um abrigo que proteja o animal da chuva e do vento direto. “O cão se sentirá mais confortável se puder ter uma casinha ou uma caminha macia”, afirma Gustavo Campelo.

SEU cachorro vive no quintal ou dentro de casa? Conte sua experiência nos comentários abaixo.

Read Full Post »

Coleira inadequada pode levar ao incômodo do pet, irritações e até o sufocamento

GRANDES, pequenos, frágeis, fortes. Se existe uma raça democrática em relação ao tamanho, quantidade de pêlo e cor, são os cachorros. Justamente por essa variação, é preciso ficar atento ao tipo de coleira mais apropriada para seu melhor amigo de quatro patas.

O USO da coleira inadequada pode levar ao incômodo do pet e até causar irritações e problemas mais graves, como o sufocamento. Segundo Charley Ferreira Lopes, diretor industrial da marca São Francisco, fabricante especializada em coleiras, peitorais e guias para cães e vários animais domésticos, cada porte de animal exige um acessório diferenciado.

CÃES frágeis

“RAÇAS pequenas, como o Yorkshire, Lhasa Apso e Pinscher, por exemplo, possuem o pescoço frágil e, se conduzidos com coleira de maneira abrupta, podem sufocar”, explica. “Nesses casos o peitoral é mais indicado, pois envolve o pet pelo tórax”. Já as coleiras apenas como enfeite estão liberadas para todas as raças de pequeno porte. Um grupo que merece atenção é dos cães Galgos, como o Whippet e o Greyhound, que exigem coleiras especiais, mais largas e com um forro especial, por seu pescoço especialmente frágil.

GRANDE porte

O ESPECIALISTA explica também que já entre os animais maiores, como o Rotweiller, Pitbull e Pastor Alemão, como o pescoço deles é mais forte, resiste à pressão da coleira sem causar danos. “Para eles, tanto as coleiras quanto os peitorais são recomendados, deste que a pessoa tenha força física para conter o animal”, orienta Charley, que ressalta também a importância do uso da guia durante os passeios com essas raças, uma vez que a prática é obrigatória segundo a legislação brasileira.

DICA EXTRA: Donos de cães de grande porte devem sempre procurar acessórios reforçados, como os de couro, a fim de assegurar a durabilidade diante de tanta força.

LEIA também no CaninaBlog:

Coleiras com puro charme

Gustavo Campelo: Posso confiar no meu cão sem guia?

Uso da coleira na rua é obrigatório?

Read Full Post »

IMAGEM DA SEMANA | GANSO, Pato… quando parecia que não faltavam referências à animais na Seleção Brasileira de Futebol, um Pastor Alemão deu um show. O cachorrão, mascote do hotel Sofitel Reserva Los Cardales desde a chegada da Seleção Brasileira, mostrou seu ótimo condicionamento físico no treino deste fim de semana na Argentina. Aliás, dizem que foi a imprensa internacional que acompanha a Seleção que batizou o cachorro de “Maradona”.

O ANIMADO Pastor Alemão acompanhou a corrida de craques como Neymar, Lucas e, claro, Pato e Ganso. Todos mostraram intimidade com o cachorro argentino para a alegria de fotógrafos do mundo inteiro que acompanhavam o treino em um campo de futebol. (Imagem: Reuters)

LEIA também no CaninaBlog:

Jogador homenageia seu cachorro ao marcar gol

Cachorro é o mais novo sócio de time gaúcho

Copa do Mundo: Um cachorro chamado Sepp Blatter

Filhotes são treinados para atuar na Copa de 2014

Read Full Post »

Cachorro deve ser equilibrado, socializado e sem problema de comportamento

EXCLUSIVO | CACHORROS nos mostram há centenas de anos que são mais do que nossos melhores amigos. Eles também têm funções essenciais na sociedade, são guias de cegos, terapeutas, policiais e farejadores. Por essa razão, muitas vezes de revelam verdadeiros heróis.

O TREINAMENTO desses cães profissionais varia de acordo com sua função. Até mesmo um cão de guarda pode variar de atuação e assim realizar segurança pessoal e anti-sequestro, residencial e patrimonial. Cada um desses focos exige um adestramento expecífico e o auxílio de profissionais treinados. “Um cão de segurança é uma arma engatilhada o tempo todo. Por isso precisa ser bem socializado e ter um excelente controle de seus condutores”, explica o especialista em comportamento canino, Gustavo Campelo.

A MANUTENÇÃO do treinamento também é necessária e obrigatória. Por isso mesmo, é preciso escolher um bom treinador. “Tome essa decisão usando a razão. Avalie o currículo desse profissional e não olhe para o preço. O barato pode sair caro se não forem tomadas todas as precauções”, adverte Campelo. É importante lembrar que um cão de proteção precisa, obrigatóriamente, ter um treinamento de obediência bem realizado.

MAS qualquer cachorro pode atuar como segurança? Tire suas dúvidas com Gustavo Campelo:

QUALQUER tamanho, raça e sexo de cachorro pode ser um cão de guarda?

Teoricamente sim. Mas seria ético ou até mesmo viável treinar um Pinscher para guarda? Creio que não. Outro fator importante é a aptidão. Por exemplo, um Border Collie jamais será um excelente guardião mesmo com o uso das melhores técnicas. Da mesma maneira, um Pastor Alemão nunca será tão eficiente como um Border Collie no trabalho de pastoreio.

O TREINAMENTO de guarda e segurança pode ser realizado pelo dono?

Não. Esse tipo de trabalho exige muito conhecimento e é muito importante que seja feito por um treinador preparado e experiente. Caso contrário, o cão pode ficar muito agressivo ou com muito medo. O cachorro também pode não entender em que situações deve ou não usar seus dentes. Um perigo inclusive para o próprio proprietário e seus familiares.

QUE personalidade um cachorro de guarda deve ter?

UM CÃO que receberá treinamento para trabalhar como guarda deve ser equilibrado, socializado e sem problema de comportamento. Ninguém daria uma arma para uma pessoa transtornada, não é mesmo?

QUER ler mais dicas de adestramento com Gustavo Campelo? Clique aqui.

Read Full Post »

Pastor Branco é um cão de guarda e por isso pode ficar horas sozinho solto no quintal

EXCLUSIVO | QUEM encontra esse cachorro todo branco com estrutura e porte de um Pastor Alemão pode até pensar que se trata de um cão albino. Mas o Pastor Branco Suíço é uma raça distinta desde a década de 1990. A história desse cão começa no século XVI, quando os nobres de uma região germânica chamada de Alsácia Lorena, passaram a criar Pastores Brancos para acompanhar suas carruagens.

AQUI no Brasil a raça chegou há mais de 20 anos e Lia Segadas Vianna, do Canil Schimmelpfeng de Petrópolis (RJ), é uma das mais antigas criadoras do Pastor Branco Suíço. “Fomos pioneiros nas exposições do Kennel de Pastor Branco quando a raça ainda nem era reconhecida pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC)”, lembra Lia. Por vários anos o canil ganhou o reconhecimento como melhor criador da raça. Mas o Pastor Branco ganhou notoriedade mesmo há poucos meses, com o lançamento do filme brasileiro “Nosso Lar”, baseado no livro do médium Chico Xavier. Nove dos 21 cães do canil Schimmelpfeng participaram das filmagens e, inevitavelmente, chamaram a atenção por sua pelagem branquíssima e porte elegante.

O filhote precisa de exercícios regulares e sem muita intensidade (Foto: Canil Schimmelpfeng)

QUEM se interessou pela raça vai gostar de saber que o Pastor Branco é um cão de guarda e pode se acostumar a ficar horas sozinho solto pelo quintal. “São extremamente amigos, dedicados a todos os moradores da casa. Fazem também a guarda da casa de forma tranquila e sem uma agressividade exagerada”, afirma a criadora. O Pastor Branco pode até viver em espaços pequenos, como apartamentos, mas é preciso no mínimo dois passeios diários de meia hora.

O PASTOR Suíço também é conhecido por sua saúde de ferro. Diferente do Pastor Alemão, que apresenta grande quantidade de cães com displasia coxo femural (cerca de 40% dos bichos), no Branco a doença genética atinge apenas 5% dos cães. “São muito saudáveis e raramente apresentam algum problema ao longo da vida.”

QUER saber se você é o dono certo para o Pastor Branco Suíço? Então confira mais características da raça:

PERSONALIDADE | Dedicado aos moradores da casa. Cão de guarda tranquilo e sem uma agressividade exagerada.

LONGEVIDADE | Cerca de 15 anos.


A raça é conhecida por sua saúde de ferro

TAMANHO | De 30 até 35 quilos.

PELAGEM | O desejado é o Branco Neve. Em alguns casos apresenta marcações cremes ou champagnes nas molduras de orelhas e dorso.

CUIDADOS | Dar atenção a àgua no ouvido durante o banho para não desenvolver otites.

ESPAÇO | É possível ter um cão em apartamento, desde que tenha dois passeios diários de pelo menos 30 minutos cada.

SAÚDE | A displasia coxo femural, muito comum em cães do mesmo porte, raramente atinge o Pastor Branco (apenas 5% dos filhotes apresentam o problema).

SOCIABILIDADE | Convive bem não só com outros cachorros, como também com gatos, aves e outros animais. Adora a companhia de humanos, mas fica muito bem sozinho por longos períodos.

PREÇO | Varia de R$ 1 mil e até R$ 2.500 por filhote com pedigree.

DICA DO CRIADOR | Na fase de crescimento o ideal é que o cão se exercite regularmente e sem muita intensidade.

DONO IDEAL | Por ser um cão muito versátil, se adapta a qualquer tipo de pessoa – da mais calma até a mais agitada. O importante é que seja um dono carinhoso pois o Pastor Branco é muito parceiro e precisa de carinho.

(Fonte: Canil Schimmelpfeng)

QUER saber mais?

Os cães brancos do filme “Nosso Lar”

PROCURANDO o cachorro ideal? Confira o perfil de outras raças publicadas aqui no CaninaBlog, basta clicar aqui.

Read Full Post »

Cadela Laila participará de seu primeiro trabalho como farejadora em Alagoas (Foto: Glauco Araújo)

OS EXPERIENTES cães da raça Labrador, Brasa e Black, trabalharão em conjunto com os dois cães iniciantes, a também Labradora Laila e o Pastor Alemão Danka, na localização das vítimas da chuva no estado de Alagoas. Cerca de 600 pessoas estão desaparecidas nas 27 cidades atingidas pelas chuvas no estado, que mais parecem vítimas de uma tsunami. Até esta manhã, os bombeiros haviam confirmado a morte de 29 pessoas em Alagoas.

A CADELA Brasa já participou do resgate de vítimas no Morro do Baú, na região de Ilhota, em Santa Catarina, em 2008. Já Black participou de operações de resgate em Sergipe, mas agora fará sua estreia em uma operação dessa dimensão. Segundo o coordenador do canil do Corpo de Bombeiros de Aracaju, de onde os dois cães foram enviados, o objetivo é encontrar corpo de vítimas e pessoas vivas.

CONFIRA a reportagem completa do portal G1, clicando aqui.

Read Full Post »

Antes de se exercitar com seu cão, verifique a condição física com um veterinário

EXCLUSIVO | A PRÁTICA de exercícios é recomendável para humanos e cães, pois ajuda na manutenção de uma vida saudável e aumenta a auto-estima. Entretanto, há vários níveis de exercícios, de uma simples caminhada diária até uma corrida intensa. Se você é do tipo esportista e gostaria de ter a companhia do seu cachorro em todos os momentos, é bom checar se ele possui condição física para acompanhar seu ritmo.

AS raças com focinho achatado, como o Pug e o Bulldogue por exemplo, não são recomendados para exercícios intensos. “Eles possuem dificuldade de respiração, sendo necessário criar uma série de exercício mais leve. Assim como a animais idosos, com problemas cardíacos ou respiratórios”, explica a fisioterapeuta veterinária do Reabilitadog, Sthefânia Yamazaki Muccilli.

Cães pastores, como o Border Collie, têm muita energia diária para gastar

“SE VOCÊ pretende realizar atividades físicas intensas, as raças ideais são aquelas pastoras ou os galgos”, recomenda a fisioterapeuta veterinária. Entre as raças pastoras está o Border Collie (que nesta sexta-feira irá ganhar um perfil da raça no CaninaBlog), o Boiadeiro Australiano, além dos Pastores Alemão e Branco. Já a linhagem dos galgos, menos conhecida no Brasil, são cães geralmente esguios e com um grande potencial velocista. O representante mais popular no Brasil é o Whippet, que ganhou notoriedade mundial graças ao cachorro da animação “Os Simpsons”, o simpático Ajudante de Papai Noel. Mas a lista de galgos é grande e antiga, e inclui as raças Afghanhound e o Greyhound.

AGORA, se o que você curte mesmo é um bom sofá e momentos de relax, as opções de companheiros são imensas. “Procure raças de companhia, como o Lhasa Apso, que fique mais dentro de casa, saindo apenas poucas e curtas vezes ao dia”, recomenda Sthefânia.

Entre as raças dos galgos está o popular Whippet, um velocista nato

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: