Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘retina’

Raça possui temperamento dócil e alegre, por isso é chamado de cão da família

PERFIL CANINO | ELES são perfeitos cães de trabalho, atuando como guias de deficientes visuais e até farejadores de bombas e vítimas. São delicados com crianças e pessoas idosas, por isso muito recomendados na terapia animal. Tudo isso sem deixar de ser um cão rústico que precisa de poucas idas ao pet shop e que exige somente uma escovação semanal.

PARA quem tem ou já teve um cão da raça Labrador, este é o cachorro perfeito para qualquer família. “A característica principal da raça é o temperamento sempre dócil e alegre, jamais demonstrando qualquer traço de agressividade ou timidez”, afirma o coordenador geral do Conselho Brasileiro da Raça Labrador (CBRL), Roberto Rodrigues Júnior. Para se ter uma ideia do seu carisma canino, é a raça mais popular dos Estados Unidos nos últimos 25 anos e no Brasil sua fama não para de crescer.

MAS toda essa docilidade também é uma demonstração do quanto um Labrador precisa de companhia. “Todos os Labradores são dependentes do seus donos”, afirma Roberto, que também é proprietário do Canil Summer Storm, localizado em São Bernardo do Campo (SP). Isso significa que um Lab gosta de participar da rotina da casa, detesta estar sozinho e demonstra muito afeto inclusive com estranhos. “Caso não seja possível que fique dentro de casa, o ideal é providenciar um companheiro ou companheira canina”, recomenda o criador.

VOCÊ é apaixonado por Labrador? Então confira mais características da raça e descubra se você é o dono ideal para este cão eclético.

Labradores podem ser totalmente pretos, amarelos ou chocolate

PERSONALIDADE | Temperamento dócil e alegre, não demonstra traço de agressividade ou timidez. Facilmente adestrável.

LONGEVIDADE | Vive em média de 10 a 12 anos.

TAMANHO | Fêmeas variam de 34 a 40 quilos, machos de 38 até 46 quilos.

PELAGEM | Totalmente preto, amarelo ou chocolate.

CUIDADOS | Escovação semanal e banhos somente quando necessário pois precisam manter a oleosidade natural. Banho a seco é recomendado para eliminar odores. Para isso, basta uma solução com água (90%), vinagre (5%), álcool (5%) e uma toalha, deixando secar naturalmente.

ESPAÇO | Cães com um nível de atividade de média para alta. Isto significa que podem viver em apartamentos, desde que faça passeios pelo menos duas vezes ao dia. Do contrário, recomenda-se um quintal de tamanho médio.

SAÚDE | Tendência para doenças genéticas como Displasia cox femural e de cotovelo, atrofia progressiva da retina e problemas cardíacos. Por isso é tão importante adquirir um filhote de um criador sério que controla tais doenças.

SOCIABILIDADE | Convive bem outros animais, inclusive do mesmo sexo e já adultos, com gatos e outros animais domésticos, isso se acostumado desde pequeno.

PREÇO | Varia de R$ 1.800 até R$ 3.000 com pedigree.

DICA DO CRIADOR | Ao escolher o filhote de um criador, fique atento a rotina do canil e a forma como ele trata cães mais velhos. Verifique se ele oferece garantias, contrato de compra e venda e se realizou exames na ninhada.

DONO IDEAL | Labradores são muito ecléticos, convivem bem em família, com pessoas idosas que desejam companhia e com crianças que precisam de um amigo com muita energia.

(Fonte e imagens: Canil Summer Storm)

Antes de adquirir um filhote, verifique se o criador investigou problemas genéticos

Read Full Post »

Quanto mais cedo é feito o diagnóstico da doença oftálmica, mais fácil é determinado o tratamento

OS OLHOS do seu cachorro estão vermelhos, com secreções constantes e até mesmo com alguns pêlos das pálpebras faltando? Esses sintomas podem indicar que o bicho tem alguma doença ocular, que pode variar de uma simples alergia até uma catarata. Mas se não acompanhado e tratado por um veterinário, casos mais graves de infecção podem levar o pet até a cegueira “Dentre as doenças oftálmicas, a catarata –  passível de tratamento cirúrgico – é uma das principais causas de cegueira entre os cães”, explica a médica veterinária Isabella Vincoletto, do laboratório Vetnil.

POR isso é sempre bom ficar de atento aos principais sintomas das doenças oftálmicas entre os cães. Confira abaixo as dicas da veterinária Isabella Vincoletto de quando levar seu bicho para uma check up oftálmico:

SINTOMAS mais comuns

OLHOS vermelhos e inchaço

PRESENÇA de secreções oculares – límpidas ou purulentas

FALTA de pêlos nas pálpebras e/ou ao redor delas

SENSIBILIDADE exacerbada à luz

PRESENÇA de ferimentos – normalmente secundários e causados pelos próprios animais ao tentar coçar ou proteger os olhos do desconforto causado pela doença

CAUSAS principais

ALERGIAS, traumas e acidentes

DOENÇAS causadas por características genéticas hereditárias – especialmente em animais de raça pura

CAUSAS relacionadas a alterações sistêmicas, como cinomose, diabetes ou toxoplasmose

DOENÇAS oftálmicas

CATARATA e úlceras de córnea

CERATOCONJUNTIVITE seca – ressecamento da córnea e da conjuntiva causado por uma diminuição da porção aquosa da lágrima

UVEÍTE – doença nos olhos decorrente de uma inflamação da úvea, que é formada pela íris, corpo ciliar e coróide

GLAUCOMA – doença causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo ótico e, como conseqüência, comprometimento visual. Se não for tratado adequadamente, pode levar à cegueira.

DOENÇAS na retina e alterações nas pálpebras

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: