Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ONG’

ADOÇÃO | A ORGANIZAÇÃO Mundial da Saúde calcula que só no Brasil existam 20 milhões de cães., sendo que 10% destes cães estão abandonados pelas ruas ou em ONGs. É por essa razão que muitas organizações de proteção animal têm incentivado a castração para impedir a reprodução já descontrolada da população canina. Enquanto isso, ONGs de todo país estão lotadas de cães para adoção.

ASSIM como acontece com os humanos para adoção, é muito mais fácil um filhote ser adotado do que um cão adulto. Mas outras características também atrapalham a adoção, segundo Bruna Mendes, proprietária da empresa OpenPet e idealizadora do projeto Open Bar Canino, que utiliza as redes sociais para promover arrecadações e eventos. “Normalmente, as pessoas têm dificuldade em aceitar a adoção de cães adultos, deficientes e de médio ou grande porte”, explica.

Leo é a estrela da campanha de adoção

Leo é a estrela da campanha de adoção

ESSA constatação ficou ainda mais clara e chocante depois que Bruna e a amiga Luísa Rossi, gestora da empresa T-Mutts e uma das criadoras do projeto Guaipecando, que ajuda animais por meio de campanhas, conheceram o pequeno Leo. As duas ajudam uma ONG onde Leo mora e contam que sempre são recepcionadas por ele com muita festa, sem dar a mínima para sua deficiência física. “Conhecemos a história do Leo e sabemos que ele aguarda adoção há anos, mas por ser ‘especial’, adulto e de porte médio, a probabilidade dele ser adotado é muito menor que a de outros cães

A CRIAÇÃO

FOI assim que surgiu a ideia de fazer um vídeo “Adoção sem preconceito” para promover a adoção de Leo e, ao mesmo tempo, mostrar que ele não é diferente dos outros cães (clique no vídeo na imagem de abertura para assistir). “Por enquanto, o vídeo é uma ação isolada em parceria”, explica Luísa. Mas tanto os projetos quanto as empresas que participaram da produção do vídeo promovem constantemente ações com objetivo de ajudar e conscientizar a respeito da realidade dos animais. “Esperamos logo poder lançar mais alguma ação com o tema ‘adoção sem preconceito”, contam.

LEIA também no CaninaBlog:

Adoção: Cachorro adulto ou filhote?

“Cães especiais se adaptam mais rápido que os donos”

“Adotamos uma cachorra cega e idosa”

Gustavo Campelo: Como ajudar um cão cego

 

Read Full Post »

ADOÇÃO | UM DOS refrigerantes mais vendidos no Brasil também foi responsável por algumas das propagandas mais contagiantes da televisão. Quem não sabe até hoje de cor a musiquinha: “pipoca na panela, começa arrebentar, pipoca com sal, que sede que dá…”? Pois uma nova campanha do Guaraná Antarctica, lançada essa semana, promete arrebentar neste verão. Trata-se da campanha o Amigo do melhor amigo.

É ISSO mesmo, o Guaraná Antarctica está lançando uma campanha de adoção e apadrinhamento de cães abandonados em parceria com a ONG Clube dos Vira-latas. Para quem ainda não conhece, o Clube dos Vira-latas ganhou visibilidade nacional graças ao apresentador Luciano Huck que reformou totalmente as instalações da organização.

Campanha irá doar até 10 toneladas de ração para ONG

Campanha também irá doar até 10 toneladas de ração para ONG Clube dos Vira-latas

O CLUBE DOS VIRA-LATAS é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que mantém em seu abrigo mais de 400 animais que são cuidados e alimentados diariamente. Boa parte desses animais chegou ao Clube após atropelamentos, acidentes ou maus tratos. Sendo que o objetivo da ONG é resgatá-los, tratá-los e conseguir um lar responsável para que eles possam ter uma vida feliz.

É AI que entra a campanha o Amigo do melhor amigo. Pelo app (aplicativo) no Facebook do Guaraná, é só escolher um cão para adotar ou compartilhar seu perfil. O bacana é que a cada 10 compartilhadas de um perfil de um cãozinho para adoção, o Guaraná Antarctica fará a doação de 1 quilo de ração para o Clube dos Vira-latas, chegando até o limite de 10 toneladas.

PARA saber mais, clique na imagem de abertura ou acesse o Fanpage do Guaraná Antarctica. E aproveite para ler mais posts a respeito do tema publicados aqui no CaninaBlog:

Luciano Huck vende camisetas para ajudar cães

Famosas participam de campanha por pets abandonados

Projeto arrecada ração com muita festa

Read Full Post »

A jovem Bruna Mendes (esq.) utiliza as redes sociais e festas para arrecadar doações

COMPORTAMENTO | QUE TAL se divertir em uma balada em que a entrada é um pacote de ração? É com esta fórmula que o Open Bar Canino, uma rede informal de ajuda aos animais tem arrecadado doações para diversas ONGs que acolhem cães abandonados. A ideia surgiu há cerca de um ano quando a estudante de Porto Alegre (RS) Bruna Mendes avisou aos convidados da sua festa de aniversário de 19 anos que não queria presentes, mas que todos levassem ração, pois gostaria de fazer uma doação.

Tudo começou quando Bruna pediu ração como presente no seu aniversário de 19 anos

UMA semana depois, aqueles que não puderam comparecer no aniversário pediram para Bruna como poderiam fazer a doação. “Percebi que muitas pessoas não ajudam por não saberem como ou quem ajudar. Assim, tive a ideia de criar um projeto somente para arrecadar ração”, recorda Bruna. Depois de uma conversa com o namorado que é publicitário, surgiu o nome, Open Bar Canino, e em apenas um mês arrecadaram 581 kg de ração. Pouco tempo depois, na segunda edição, mais 837 kg. “Desde então, o projeto é um sucesso”, comemora.

Open Bar Canino arrecada e distribui doações para ONGs de proteção animal

ESTRATÉGIA e público

O PROJETO Open Bar Canino é focado no público entre 17 e 30 anos, por isso mesmo, tem explorado principalmente as redes sociais na hora de divulgar os eventos de arrecadação. “Promovemos encontros de cães em praças, sempre com música e festas onde a entrada até certo horário é ração”, explica Bruna. O projeto, que parecia apenas uma grande ideia, agora conta com áreas de arrecadação em vários pontos de Porto Alegre e virou notícia em jornais e sites. Quer saber mais sobre o Open Bar Canino? Então clique aqui.

LEIA também no CaninaBlog:

Passeio virtual que vale uma doação

Hospitais vet sofrem com a falta de doadores de sangue

Luciano Huck vende camisetas para ajudar cães

Read Full Post »

Cada calendário custa R$ 15 e pode ser encomendado por e-mail

COMPORTAMENTO | SABE quando seu dia foi péssimo, mas quando você chega em casa seu cachorro lhe recebe com festa? Pelo menos naquele momento, tudo na vida parece valer a pena, não é mesmo? Esse é o efeito que todos os cães têm sobre o ser humano. Mas alguns bichos são treinados especialmente para ajudar de forma ainda mais enfática pessoas que estão passando por momentos difíceis.

ESSE é o caso dos cães terapeutas do Instituto Nacional de Ações e Terapias Assistidas por Animais (INATAA), uma das organizações mais conhecidas pelo atendimento terapêutico no Brasil. A organização não governamental conta com cerca de 70 voluntários que, além de conduzir o seu cão, também interagem em conjunto com o bicho junto aos pacientes em asilos e hospitais.

Organização não governamental conta com cerca de 70 voluntários

O INATAA atua especialmente em São Paulo, mas outras cidades, como Campinas, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza e Natal também têm projetos de terapia e atividade assistida por animais. Clique aqui para ver fotos dos cães terapeutas trabalhando.

COMO ajudar

PARA manter este projeto incrível funcionando o ano inteiro, o Inataa vende tradicionalmente nos últimos meses do ano um calendário muito fofo que você pode conferir na imagem de abertura deste post. Para adquirir o calendário, basta encomendá-lo pelo e-mail calendários@inataa.org.br. Cada calendário custa R$ 15, com frete já incluso. Fica ai uma boa dica de presente para o Natal!

VOCÊ e seu cachorro gostariam de se tornar terapeutas do Inataa? Veja como nos links abaixo:

Quer se tornar um co-terapeuta canino?

Meu cachorro pode ser um terapeuta?

Curso para terapeutas caninos em São Paulo

Read Full Post »

A modelo Ellen Jabour fotografada por Jacques Dequeker

EXPOSIÇÃO | UMA turma de beldades brasileiras topou participar de uma campanha organizada pela ONG Ampara Animal. Clicadas pelo fotógrafo de moda Jacques Dequeker, a atriz Cléo Pires, Ellen Jabour, Fernanda Tavares, Paola Oliveira e Sabrina Sato mostram além dos corpos esculturais, cães e gatos vítimas de histórias de abandono.

ALÉM das famosas, o fotógrafo de moda também clicou integrantes da ONG Ampara Animal. Aliás, é bom avisar que a ONG é formada por nove paulistanas da alta sociedade paulista.

A EXPOSIÇÃO das 12 fotos será aberta no dia 13 de abril, no shopping Iguatemi, em São Paulo.

PARA assistir ao making of da atriz e modelo Fiorella Matheis, clique aqui ou na última imagem deste post.

A atriz Fiorella Matheis participa da campanha pela segunda vez

Exposição Ampara Animal

Local: Shopping Iguatemi

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232 – Jardim Paulistano, São Paulo

Data: de 13 até 22 de abril de 2012

VEJA também no CaninaBlog

Luciano Huck vende camisetas para ajudar cães

Evento “Crueldade Nunca Mais” acontece em 175 cidades

Modelos brasileiras desfilam com seus pets

Read Full Post »

Camiseta é vendida no site da marca Use Huck

NOVIDADE | NÃO é de hoje que se sabe que o apresentador de televisão Luciano Huck é louco por cachorros. No ano passado, por exemplo, Huck demonstrou nas redes sociais a tristeza de ter perdido o cachorro Lucky após 11 anos de amizade. Na época, Luciano postou no Twitter: ““Hoje se foi o meu fiel e amado companheiro dos últimos 11 anos; o Lucky. Nossa família toda sentirá muitas saudades. Vá em paz, querido amigo”.

ESSA paixão pelos cães levou o apresentador a se engajar na causa animal tendo a marca própria de camisetas criada por Luciano Huck com a grife carioca Reserva o meio de arrecadar doações. Funciona da seguinte maneira: toda vez que alguém comprar uma camiseta no site da loja Use Huck, parte dos lucros da venda dos produtos será revertida para o Clube dos Vira-Latas.

PARA quem ainda não conhece a ONG localizada em Ribeirão Pirer (SP), é bom saber que o Clube dos Vira-Latas abriga mais de 400 animais abandonados ou que sofreram maus tratos, além de realizar campanhas de doação e castração de cachorros há mais de 10 anos.

A MARCA Huck vende camisetas masculinas e femininas que custam na semana de lançamento R$59 à vista – toda semana há estampas novas. As peças só podem ser adquiridas na loja virtual ou pelo site do Caldeirão, uma parceria da marca com a Globo.com.

QUER saber mais sobre o Clube dos Vira-Latas? Então clique na imagem abaixo e assista o vídeo exibido no programa Caldeirão da rede Globo quando o apresentador Luciano Huck fez uma visita à ONG .

Read Full Post »

Confira orientações dos organizadores antes de participar do evento na sua cidade

EXCLUSIVO | A IMPRENSA abriu os olhos de muitas pessoas nos últimos meses para os diversos crimes contra animais cometidos aqui no Brasil. Casos como do cão Lobo, que foi arrastado pelo dono pelas ruas de Piracicaba (SP), ou ainda da enfermeira que teria batido no seu York Shire até a morte em Goiás, geraram mais do que comoção, mas revolta e indignação. Nos dois casos, as condenações pareceram muito brandas para a maioria dos defensores dos animais.

COMO fruto desta revolta, milhares de pessoas devem se reunir no dia 22 de janeiro em 175 cidades brasileiras para uma manifestação pública batizada de Crueldade Nunca Mais. “O grande objetivo do evento é reunir as pessoas que estão indignadas com os terríveis casos de crueldades e maus-tratos contra animais”, explica uma das coordenadoras do evento aqui no Brasil, Fernanda Oliveira de Barros Marchetti, que também é vice-presidente da ONG Projeto Segunda Chance e membro do Projeto Salvacão. Milhares de pessoas também devem se reunir neste domingo nas cidades de Nova York, São Diego, Miami e Londres.

POR leis mas duras no Brasil

AQUI no Brasil os organizadores também preparam um projeto de lei de iniciativa popular chamado de Lei Lobo (#LeiLobo). “Prentedemos conseguir a assinatura de 1.5 milhão de pessoas no país e assim enviar diretamente ao Congresso Nacional, pedindo punição mais severa para quem é condenado por maus-tratos”, explica Fernanda. Baseado no resultado da campanha nas redes sociais, os organizadores aguardam em São Paulo por volta de 2.500 a 3 mil pessoas, já no Rio de Janeiro o cálculo é de aproximadamente 1.500 pessoas.

QUER saber mais sobre o evento e como participar? Então não deixe de conferir a entrevista exclusiva que Fernanda Oliveira de Barros Marchetti, membro do comitê organizador da campanha Crueldade Nunca Mais, deu para o CaninaBlog:

CANINABLOG:Como as pessoas podem se preparar para o evento?

Fernanda Marchetti é membro do comitê organanizador

Fernanda Marchetti: As pessoas devem procurar as orientações disponibilizadas no site do Crueldade Nunca Mais, vestir camiseta branca, levar garrafinha de água e sempre lembrar de jogar lixo no lixo. Nossa orientação é para não levar animais de estimação pois entendemos que a manifestação não é um local agradável aos bichos devido ao barulho, exposição excessiva ao sol ou falta de abrigo contra chuva. Mas se as pessoas quiserem trazer seus bichos, solicitamos que não se esqueçam de trazer água e saquinho para recolher os dejetos. O evento possui um organizador em cada cidade, que segue as diretrizes e orientações da organização central em São Paulo que também estão disponibilizadas no site.

CANINABLOG: Qual é a situação do Brasil em relação a crueldades cometidas contra animais?

Fernanda Marchetti: Os problemas enfrentados no Brasil são piores que nos países de primeiro mundo, que em sua cultura já reconhecem os animais como seres que merecem ser respeitados e possuem leis e mecanismos de fiscalização estabelecidos e mais eficientes, como Estados Unidos e países da Europa. Já em relação à países asiáticos, o Brasil me parece melhor. Nestes países o próprio governo financia a matança de baleias, tubarões e golfinhos, além de permitir  a extração de pele de cães, gatos, coelhos e de diversos animais em nome do lucro. A vida destes animais não tem valor para esta população e governo, já no Brasil o cenário é diferente e estes crimes não são permitidos.

VEJA também no CaninaBlog:

Quando o pior acontece no pet shop

Protetoras: quem são essas mulheres dedicadas aos bichos

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: