Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \30\UTC 2012

Você e seu cachorro podem ganhar um passeio guiado por São Paulo nesta promoção

EXCLUSIVO | QUE TAL conhecer um pouco mais sobre a história de São Paulo seguindo as “Pegadas de Anchieta”? E o melhor: na companhia do seu cachorro? Pois isto será possível graças uma promoção especial de Dia das Mães criada pelo CaninaBlog e a agência pet Turismo 4 Patas.

ESPECIALIZADA em roteiros e passeios quem incluem donos e seus cães, a agência Turismo 4 Patas criou um roteiro batizado de “Pegadas de Anchieta” em que os participantes aprenderão mais sobre a história da maior capital do Brasil e ainda sobre personagens como o Padre José de Anchieta, e pontos turísticos como o edifício Martinelli, a Catedral da Sé, a Casa da Marquesa de Santos e o Páteo do Colégio. O Cãonhecendo São Paulo versão 8 acontece no dia 20 de maio de 2012 (saiba mais).

COMO participar

Passeio inclui lanche para você e seu pet, além de muita diversão

O PASSEIO, que vale R$ 60 por pessoa e R$ 30 por cão, pode ser todo seu sem nenhum custo nesta promoção criada pelo CaninaBlog e a agência Turismo 4 Patas. Para ganhar um (1) passeio para você e seu cachorro (1) no Cãonhecendo São Paulo versão 8, exclusivamente no dia 20 de maio de 2012, é muito simples. Basta seguir o passo a passo abaixo:

1. Dê um curtir neste post e responda a pergunta da forma mais criativa possível: Por que você e seu cachorro merecem conhecer São Paulo juntos neste Dia das Mães?

2. Agora basta curtir o Fanpage do CaninaBlog (clique aqui);

3. E participar do grupo da agência Turismo 4 Patas no Facebook (clique aqui).

PRONTO! Você e seu cachorro estão participando da promoção de Dia das Mães. A resposta mais criativa será escolhida pela equipe do CaninaBlog e Turismo 4 Patas no dia 6 de maio de 2012 e no dia seguinte (7) será divulgada o resultado. Não deixe de participar!

CONFIRA mais posts publicados no CaninaBlog:

Turismo canino: Como escolher o melhor destino

Grafite canina pelas ruas de São Paulo

Imagem da Semana: Turismo pet pelo centro de São Paulo

Anúncios

Read Full Post »

Preço da jaqueta varia de acordo com o tamanho, de de R$31,50 até R$65,40

NOVIDADE | SEU cachorro é um bicho cheio de atitude? Então você não pode perder a nova coleção de inverno Rock’n Roll Dog do estúdio de moda canino Legal pra Cachorro de São Paulo.

A MARCA de roupas pet criou uma coleção para cadelinhas e cachorrinhos inspirada em peças ao melhor estilo roqueiro com coletes imitando couro, jaqueta estampada de caveirinhas e até um vestido com tule e aplicação de uma romântica caveira.

Vestido da Legal pra Cachorro é vendido por R$23,80 até R$34,30

O VESTIDO forrado com algodão, tecido de caveirinha e saia de tule contém ainda aplicação metalizada. Sendo que o fechamento é feito com botões de pressão. Esta peça está disponível para cães do tamanho 00 (como Pinschers e filhotes em geral) até o número 8, indicado para cães da raça Beagle e Bulldog, por exemplo.

O COLETE também é forrado com algodão, possui aplicação de caveira  e contém fechamento com botões de pressão. Já jaqueta de moleton dupla face (de um lado preto e na outra estampa de caveiras), contém aplicação de tecido. As duas peças estão disponíveis para cães de tamanho 00 ao 16, ou seja, para cachorros bem grandes como Golden Retriever, Labrador e Pitbull.

Colete vale R$23,80 até R$49,50 e veste até cães de grande porte

COMO comprar

TODAS as peças e tamanhos estão disponíveis na loja virtual da Legal pra Cachorro. Para conferir a coleção Rock’n Roll Dog completa ou comprar, clique aqui. Aliás, a marca também aceita encomendas de pet shops.

CONFIRA no CaninaBlog mais posts sobre moda para cachorros e donos:

Bolsas com charme canino

nverno: Cachecol quentinho e colorido

Seu cachorro com todo o charme do frio

Para cachorros roqueiros e cheios de estilo

Read Full Post »

O atendimento é feito como numa clínica, garantem as vets Andressa e Dominique

EXCLUSIVO | SEU CACHORRO fica muito nervoso quando chega na clínica veterinária? Talvez a solução possa estar dentro da sua casa. Saiba que é cada dia mais comum médicos veterinários atenderem seu pacientes no conforto do lar. Este tipo de serviço também tem sido muito recomendado para aquele dono que não tem muito tempo disponível ou ainda tem dificuldade de transportar o bicho até o médico veterinário. Já imaginou a dificuldade de se colocar um Dog Alemão, um cachorro que pode pesar mais de 100 quilos, dentro de um carro popular?

Comodidade e praticidade atraem muitos donos de cães para o atendimento veterinário em casa

AO PERCEBER a necessidade deste tipo de atendimento especial que as médicas veterinárias Andressa Gontijo e Dominique Paladini de São Paulo criaram a Home Vets, uma clínica que presta atendimento em domicílio para pets. “O atendimento é feito como um atendimento em uma clínica, praticamente todos os procedimentos podem ser realizados, excetos cirurgias quando levamos o animal até um clínica parceira”, explica Andressa. Segundo a veterinária, não há necessidade de nenhum espaço especial dentro de casa para este atendimento: “o local que for mais cômodo para o animal e para o proprietário já será o suficiente”.

A OUTRA sócia da Home Vets, Dominique Paladini, explica que o que atrai os clientes para o atendimento domiciliar são a comodidade e praticidade, além do atendimento personalizado e em diversos horários com menor estresse para o animal. “Sendo que o custo se assemelha ao atendimento veterinário em uma boa clínica”, confirma.

OS ÚNICOS casos que as duas médicas veterinárias não recomendam este tipo de serviço é quando surge uma emergência que necessita de aparelhos que só há em hospitais ou ainda quando o bicho precisa de internação hospitalar. “Mesmo assim, atendemos a maioria das emergências muito bem, pois temos todos os medicamentos, necessários”, garantem as veterinárias.

VEJA também no CaninaBlog:

Cliente especial: Bulldogues

Será uma emergência?

Nós testamos o atendimento veterinário do Cobasi

Quando consultar um zootecnista?

Read Full Post »

Grupo divulga nomes de políticos com posição contra os direitos dos animais

EXCLUSIVO | DIZ O ditado que três coisas não se discutem: política, religião e futebol. Mas o advogado e militante da causa animal Guilherme P. F. Camargo discorda do velho ditado quando o assunto é política. Foi por isso que criou a comunidade virtual “Não vote em quem não gosta de animais” no Facebook que conta atualmente com 6 mil membros diretos e cerca de 300 mil apoiadores indiretos.

TUDO começou com a publicação de uma reportagem da jornalista Juliana Castro, onde denunciava os atos de dois vereadores de Campinas (SP) que apoiavam o sacrifício de animais em sacrifícios religiosos. “Da minha indignação e de milhares de outros protetores surgiu o grupo Não vote em quem não gosta de animais”, explica Camargo. Segundo o criador do grupo, alguns membros são praticantes dessas religiões, mas se opõem a este tipo de sacrifício.

O GRUPO, que começou de forma até despretenciosa, forçou tais políticos a desistiram dos seus apoios e passaram a militar em defesa da causa animal. Este foi a primeira e grande vitória do grupo e novos desafios não param de surgir. Aliás, Camargo defende que todas pessoas que acreditam que todos os bichos devem ser defendidos pela lei, deveriam investigar qual é a posição do seu candidato a respeito.

SAIBA mais nesta entrevista exclusiva com Guilherme P. F. Camargo, advogado, militante da causa animal por diversos grupos de proteção, membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB Campinas e fundador do grupo que atua contra políticos que são contra os animais:

Guilherme Camargo é advogado e militante da causa animal

CANINABLOG: Qual é a importância da pessoa investigar a vida política do seu candidato em relação a causa animal?

Guilherme P. F. Camargo: O respeito aos animais reflete-se diretamente na personalidade e forma de gestão dos administradores e políticos. Estudos relevam que aqueles que praticam maus tratos aos animais possuem traços e transtornos de ordem psicológica que inviabilizam o convívio em sociedade e com menor razão, a gestão de milhares delas.
É impensável pensar em governabilidade sem projetos sobre meio ambiente e proteção animal, apesar do atual governo ter dados mostras de retrocesso.

CANINABLOG: Como a pessoa pode descobrir a posição do seu candidato em relação a esse assunto?

Camargo: No site da Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA) existe uma lista positiva sobre os políticos que militam pela causa animal. As redes sociais também têm se mostrado uma ferramenta poderosa para o conhecimento do real perfil do candidato ativo ou omisso. Caso seja necessário, a pessoa pode perguntar pelo seu candidato no nosso grupo Não vote em quem não gosta de animais, que possui pessoas do Brasil inteiro.

CANINABLOG: E como podemos nos posicionar e realmente fazer a diferença?

Camargo: De duas maneiras, ora tornando público os atos praticados por políticos contra os animais em sua região, ora mostrando o peso do voto animal, conscientizando as demais pessoas sobre o papel de cada candidato.

CONFIRA também no CaninaBlog:

“Sem política pública de castração estamos enxugando gelo”

Protetoras: quem são essas mulheres dedicadas aos bichos

Quando proteger cães se torna um transtorno mental

Read Full Post »

A modelo Ellen Jabour fotografada por Jacques Dequeker

EXPOSIÇÃO | UMA turma de beldades brasileiras topou participar de uma campanha organizada pela ONG Ampara Animal. Clicadas pelo fotógrafo de moda Jacques Dequeker, a atriz Cléo Pires, Ellen Jabour, Fernanda Tavares, Paola Oliveira e Sabrina Sato mostram além dos corpos esculturais, cães e gatos vítimas de histórias de abandono.

ALÉM das famosas, o fotógrafo de moda também clicou integrantes da ONG Ampara Animal. Aliás, é bom avisar que a ONG é formada por nove paulistanas da alta sociedade paulista.

A EXPOSIÇÃO das 12 fotos será aberta no dia 13 de abril, no shopping Iguatemi, em São Paulo.

PARA assistir ao making of da atriz e modelo Fiorella Matheis, clique aqui ou na última imagem deste post.

A atriz Fiorella Matheis participa da campanha pela segunda vez

Exposição Ampara Animal

Local: Shopping Iguatemi

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232 – Jardim Paulistano, São Paulo

Data: de 13 até 22 de abril de 2012

VEJA também no CaninaBlog

Luciano Huck vende camisetas para ajudar cães

Evento “Crueldade Nunca Mais” acontece em 175 cidades

Modelos brasileiras desfilam com seus pets

Read Full Post »

O agility melhora o condicionamento físico dos cães e dos donos também

O agility melhora o condicionamento físico dos cães e dos donos também

EXCLUSIVO | VOCÊ já pensou em compartilhar um momento de total entrosamento com seu cachorro e ainda se manter em forma de um jeito divertido? Esta é a proposta do agility, um esporte praticado por um cão e seu condutor e tem como alvo principal cumprir a prova cheia de barreiras e rampas sem cometer infrações e no menor tempo possível.

CRIADO inicialmente na Inglaterra em 1978 como uma forma de entretenimento em grandes concursos de raças, ao longo do tempo se tornou um esporte que tem como base regras muito parecidas com a do hipismo.

QUEM pode praticar o esporte?

ANTES de ser iniciado no esporte, o cão precisa aprender os comandos básicos de obediência – senta e fica – e esse fator traz benefícios ao comportamento e ao relacionamento entre o proprietário e o animal. “O bicho vai ficar mais atento às ordens do dono tanto durante a prática do esporte quanto na convivência diária”, garante o veterinário e proprietário do Clube de Cãompo Aldo Macellaro Jr.

Esporte estimula a obediência do seu pet de maneira positiva

SEGUNDO Macellaro, o esporte pode ser praticado por animais de todos os portes e raças. A única restrição existe para aqueles animais que possuem algum problema cardíaco ou articular. Pelo risco da sobrecarga no órgão e membros fragilizados.

A PARTIR de um ano de vida o cão já está liberado para começar a aprender a prática esportiva. “Antes não é recomendado porque as cartilagens que compõem as articulações ainda estão se desenvolvendo. A ideia é evitar o risco de uma lesão”. E diferente do que muita gente pode imaginar, cachorros adultos podem aprender a saltar, desviar, se equilibrar e desvendar os túneis que compõem as pistas de agility.

CONFIRA abaixo mais 10 razões para você e seu cachorro praticarem agility, segundo indica o veterinário e proprietário do Clube de Cãompo Aldo Macellaro Jr.

  1. Melhora o condicionamento físico do cachorro e também do dono
  2. Evita problemas de sobrepeso
  3. A atividade física libera no animal hormônios relacionados ao bem-estar
  4. Reduz o nível de estresse e ansiedade muito comum em cães que vivem nas grandes cidades
  5. Estimula o entrosamento entre o dono e o cão
  6. Promove a socialização com outros animais e outras pessoas
  7. Forma um novo círculo de amizades entre quem curte cachorros
  8. Estimula a obediência do seu pet de maneira positiva
  9. Aprimora os reflexos e rapidez tanto do cão como do proprietário
  10. Possibilita viagens curtas aos finais de semana para seguir o campeonato de agility

CONFIRA também no CaninaBlog:

Curso de adestramento positivo e agility em Brasília

Adeus gordurinhas: novo spa para cães

Transformando meu cachorro em um atleta

Meu cão é um esportista?

Read Full Post »

HUMOR | NÃO sei como é o temperamento do seu cachorro, mas meu Ciccilo é um cãozinho bem obstinado. Enquanto não consegue o que quer, é difícil fazê-lo mudar de ideia. Ele olha, indica, pula, pede… faz de tudo para chamar a atenção e mostrar o que deseja.

O GOLDEN Retriever deste vídeo publicado no YouTube parece ser bem parecido com meu Fox Terrier. Neste vídeo ele prova que um cachorro de verdade nunca desiste de uma bolinha – mesmo que ela esteja mergulhada numa imensa e assustadora psicina.

PARA assistir ao vídeo, clique aqui ou sobre a imagem de abertura. Confira mais vídeos publicados aqui no CaninaBlog:

101 Dogs: Vídeos no Youtube explicam raças

Vídeo: A culpa e o cão

Nova propaganda de carro tem cachorro falante

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: